Copa do Brasil SUB17: Macaca sai atrás na primeira semifinal e terá de reverter resultado na casa do adversário

Em uma noite na qual o goleiro adversário se destacou e a arbitragem chamou mais atenção do que deveria, a Ponte Preta perdeu para o Flamengo por 2 a 0 na primeira das duas semifinais da Copa do Brasil SUB17 e agora terá que reverter o placar na casa do oponente. Para conquistar a vaga nas finais, a equipe do técnico Claudinho terá que no mínimo vencer o rival por dois gols de diferença no jogo de volta – marcado para às 16 horas do próximo sábado, em Macaé – e assim levar a decisão para os pênaltis.

 

"Nada está perdido. Temos um time muito técnico, guerreiro, e tivemos uma noite infeliz. Temos plenas condições de reverter essa situação e vamos trabalhar duro pra isso durante esta semana", diz o coordenador técnico das categorias de Base Josuel Martins, o Esquerdinha.

 

Em um primeiro tempo disputado, o Flamengo abriu o marcador com belo gol de Caio – a bola, porém, teria saído do campo antes de entrar no gol, o que não foi assinalado pela bandeirinha próxima ao lance. 

 

Ainda no primeiro tempo, aos 27 minutos, o time carioca teve um zagueiro expulso por entrada violenta, mas mesmo com um homem a mais a Ponte esbarrava em boas defesas do arqueiro Thiago, em noite inspirada.

 

A arbitragem também deixou de marcar pênalti claro no pontepretano Luizinho e a Macaca reclamou da falta que gerou o segundo gol do time carioca, marcado por Felipe, que não teria existido. 

 

Também na etapa complementar o Flamengo teve seu segundo zagueiro expulso, após dar um tapa na cara de um jogador alvinegro. No entanto, a inferioridade numérica acabou neutralizada por defesas excepcionais de Thiago. 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS