Com gol de Moisés,  Ponte vence o Confiança e se garante na série B de 2022

Foto: @lucasalmeidal17 / ADC

 

Com um belo gol de Moisés, a Ponte Preta venceu o Confiança e garantiu a permanência na série B para 2022. Com o resultado obtido na tarde deste sábado (20), a equipe do técnico Gilson Kleina também ganhou uma posição na tabela, ultrapassando o Operário e ficando na 13ª  posição.

“Queríamos estar aqui não comemorando a permanência, mas sim o acesso que um time com a nossa camisa merece. Mas fizemos nossa parte, nos entregamos. Precisamos sempre, todos, nos unir para o melhor da Ponte. Somos grandes, merecemos muito mais”, diz o capitão Ivan. A Macaca volta a campo no próximo domingo (28), às 16 horas, para encerrar sua participação na série B deste ano contra o Coritiba, no Majestoso.

O jogo

A Ponte começou indo para cima, ainda antes do primeiro minuto, com Moisés fazendo cruzamento na área, pela esquerda, mas a zaga cortou. Aos dois, Fessin saiu pela direita, mas a bola acabou cortada em lateral para a Macaca.  Na sequência, Rodrigão mandou bola em profundidade para Moisés, porém o goleiro adversário se antecipou e ficou com ela. Aos oito, Kevin mandou na área e a zaga cortou de cabeça.

Aos 14, mais uma vez o lateral tentou cruzamento, mirando Rodrigão, mas a defesa afastou. No minuto seguinte, Kevin teve nova chance, mas a bola saiu por cima do gol.  Aos 18, quase saiu um golaço da Ponte Preta, com Yago Henrique dando uma meia-bicicleta  após a cobrança de escanteio de Marelo Hermes, A bola foi para as redes em cima do gol, do lado de fora.  Aos 20, Ivan fez defesa brilhante em cobrança de falta do adversário, que foi no ângulo.

Aos 22, boa chance de Moispes, na velocidade, mas o atacante foi derrubado com falta violenta. Dois minutos depois, a Macaca chegou com perigo novamente e Rodrigão finalizou, mas a bola saiu por cima do gol.

Aos 38, Moisés fez bela jogada em velocidade, se livrou de dois e chutou, ganhando escanteio. Na cobrança na área, o juiz marcou falta de ataque. Na sequência, mais uma vez Moisés chegou bem e ganhou novo escanteio. Na cobrança., Rodrigão tentou de cabeça, mas a bola saiu  em linha de fundo.  A Ponte pressionava e seguia ganhando diversos escanteios, com o gol amadurecendo. Ele quase saiu aos 43, com Moisés cobrando em curva e o goleiro mandando de soco para frente. Aos 49, o juiz encerrou o primeiro tempo, sem que ninguém mexesse no placar.

O segundo tempo começou com um susto aos dois minutos. O adversário mandou uma bomba contra o gol de Ivan, que se esticou e tocou com a pontinha dos dedos, mas ela explodiu na trave. Aos oito, Yago Henrique tocou para Rodrigão na área, mas o atacante foi desarmado. Na sequência, Moisés saiu em velocidade, marcado por quatro, e não conseguiu concluir.

Aos 16, quase um golaço de Rodrigão. Após cruzamento de Léo Naldi cortado pela defesa, o atacante ficou com a sobra e mandou uma bomba no ângulo do goleiro adversário, que espalmou.  Aos 19, lindo lance de Naldi, que cruzou na área, mas ninguém conseguiu concluir. Aos 28, porém, veio o gol da Macaca. Moisés saiu na cara do gol após drible e passe de Rodrigão. Frio, o atacante marcou o 13º gol dele e o gol da manutenção da Ponte Preta.

Aos 33.,quase saiu o segundo. Moisés desceu pela esquerda e cruzou para Matheus Anjos chutar, mas o goleiro fez boa defesa. Aos 39, Neto Berola, do Confiança, foi expulso e ainda chutou o juiz antes de sair de campo.  Aos 48, um susto para os dois times, com choque de cabeça entre André Luiz,q eu havia cabeceado a bola, e um jogador adversário. O atleta alvinegro teve que ser retirado de campo e não voltou mais. Aos 52, o juiz apitou o final da partida. 1 a 0 para Ponte, assegurada na série B de 2022.

Ficha do jogo

Ponte Preta: Ivan; Kevin (Felipe Albuquerque), Thiago Lopes, Ednei e Marcelo Hermes; Yago Henrique (Gustavo Cipriano), Léo Naldi (André Luiz), Marcos Júnior (Matheus Anjos) e Fessin (Iago); Moisés e Rodrigão. Técnico: Gilson Kleina.

Confiança: Rafael Santos; Caíque Sá (Rafael Vila), Nirley, Adalberto e Lucas Sampaio; Vinícius Barba (Thiago Reis), Álvaro e Adriano (Marcelinho); Willians Santana(Robinho), Ítalo (Neto Berola) e Hernane. Técnico: Luizinho Lopes.

Gol: no segundo tempo, Moisés aos 28

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio apitou, com Fabrício Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires como assistentes. Diego da Silva foi o quarto árbitro.

Cartões amarelos: Caíque Sá, Neto Berola (Confiança), Marcos Jr, Léo Naldi, Yago Henrique (Ponte)

Cartão vermelho: Neto Berola (Confiança)

Partida realizada no estádio Batistão, válida pela 37ª rodada da série B

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS