Com falta e pênalti duvidosos, Ponte perde para o Palmeiras, mas ainda pode se classificar nesta rodada

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem: PontePress/Vitor Hafner

 

Na tarde desse sábado (15) a Ponte Preta encarou o Palmeiras no estádio do Pacaembu em partida válida pela 14º rodada do Campeonato Paulista. O jogo terminou com derrota pontepretana pelo placar de 3 a 2. Com o resultado, a Macaca soma 24 pontos e pode se garantir antecipadamente na próxima fase da competição se o São Bernardo for derrotado pelo Bragantino.

O próximo compromisso da equipe alvinegra será às 16 horas do domingo (23) contra o Mogi Mirim no estádio Moisés Lucarelli, em partida válida pela 15º rodada do estadual, a última da primeira fase do torneio. 

O Jogo:

Mesmo jogando fora de casa, a Ponte Preta começou a partida com tudo. Logo aos 2 minutos de jogo Magal tabelou com Silvinho e cruzou da esquerda, Rossi cabeceou, a bola bateu em Juninho e na sobra o próprio Rossi empurrou para dentro. 1 a 0 para a Macaca.

A primeira chance do Palmeiras aconteceu aos 15 minutos com um chute de Bruno César que foi para fora. Dois minutos depois, Lúcio arriscou de longe e mandou pela linha de fundo. Aos 34, Valdívia chutou cruzado da entrada da área, mas a bola saiu. Um minuto depois, Valdívia recebeu na área e chutou forte para a defesa de Roberto.

Aos 38 minutos Bruno César cobrou falta com perigo e Roberto fez grande defesa. Aos 43, França invadiu a área pela esquerda e chutou para mais uma defesa do goleiro alvinegro. Dois minutos Alef arriscou de fora da área e mandou por cima do gol. Sem mais lances de perigo, o primeiro tempo foi encerrado após dois minutos de acréscimos.

Na volta do intervalo, o treinador Vadão promoveu duas alterações na Macaca, Adrianinho saiu para a entrada de Bida e Neílson entrou na vaga de Bruno Silva. Com a bola rolando, a primeira chance foi do Palmeiras, logo no primeiro minuto Alan Kardec recebeu na área e finalizou de carrinho para a defesa de Roberto.

Aos 4 minutos Bruno César chutou forte de fora da área e parou nas mãos de Roberto. Aos 10, quem arriscou de fora foi Silvinho, mas a bola saiu por cima do travessão. A terceira mudança alvinegra aconteceu quatro minutos depois, Thiago Carleto entrou no lugar de Rossi. 

Aos 15 minutos o árbitro assinalou uma falta inexistente para o Palmeiras. Bruno César cobrou, Roberto espalmou e Erguren empurrou para o gol e empatou o jogo. 1 a 1 no Pacaembu. Dois minutos depois, Bruno César invadiu a área e quando percebeu a marcação de Thiago Carleto caiu. O árbitro assinalou o pênalti que foi batido e convertido por Alan Kardec. 2 a 1 para o Palmeiras.

Aos 19, Alan Kardec entrou na área e tocou para trás, Leandro chutou e mandou por cima do gol. Aos 24 minutos Silvinho disputou a bola com Wendel na área e caiu. O árbitro marcou a penalidade para a Macaca, o próprio Silvinho cobrou e empatou o jogo. 2 a 2.

Aos 29 minutos Antônio Flávio chutou cruzado da direita e acertou o travessão. Dois minutos depois Alan Kardec chutou da entrada da área e mandou para fora. Aos 33, Patrick Vieira chutou de fora da área, Roberto espalmou e no rebote Alan Kardec mandou para fora. 

Sete minutos depois, Silvinho puxou contra ataque rápido e bateu na saída de Fernando Prass, mas o goleiro adversário defendeu. Aos 42 minutos, Valdívia lançou Alan Kardec pela esquerda, o atacante cruzou na medida e Mendieta mandou para o gol. 3 a 2 para o Palmeiras. Sem mais lances de perigo, o jogo foi encerrado após três minutos de acréscimos.

Ficha Técnica:
 
Ponte Preta:  Roberto; ferrugem, César, Diego Sacoman e Magal; Bruno Silva (Neílson), Alef e Adrianinho (Bida); Rossi (Thiago Carleto), Silvinho e Antônio Flávio. Treinador: Vadão.

Palmeiras: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Tiago Alves e Juninho; Erguren, França (Mendieta), Valdívia e Bruno César (Patrick Vieira); Leandro (Vinícius) e Alan Kardec. Treinador: Gilson Kleina. 
 
Data: 15/03/2014, sábado – 16h00.
Local: Pacaembu, São Paulo-SP.
Árbitro: Marcelo Rogério.
Auxiliar: Daniel Luis Marques e Patrícia Carla de Oliveira.
Cartões Amarelos: Bruno Silva, Adrianinho, Thiago Carleto e Alef (Ponte Preta); Wendel (Palmeiras).
Gols: Rossi e Silvinho (Ponte Preta); Erguren, Alan Kardec e Mendieta (Palmeiras).

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS