“Estamos com uma sincronização boa lá na zaga. Um fazendo a cobertura do outro e orientando a zaga. Isso é importante. Para nos darmos bem dentro de campo é importante conversarmos. Fazemos isso dentro e fora do campo. Isso aumenta nosso entrosamento e faz com que nós não tomemos gol”.
 
“Último jogo que fui no Morumbi eu fui cortado. Nós perdemos pelo Brasileiro por 3 a 0. Mas espero que esse jogo de agora possa ser diferente. Se não der para ganhar, que conquistemos o empate”.
 
“O Luis Fabiano é um atacante que do nada faz gol. Aparece na hora certa e sempre dá vitórias ao São Paulo. Mesmo ele não jogando, há jogadores que dão muita qualidade no São Paulo que vão suprir a ausência dele lá. Vai ser complicado também”.
 
“Não podemos deixar subir a empolgação por estarmos lá em cima na tabela e jogando bem. Não entramos achando que já vencemos. Cada jogo é uma história. Sabemos da dificuldade do campeonato. Estamos bem agora, mas pode melhorar ainda mais lá na frente. Temos que ficar com os pés no chão e sempre ter seriedade dentro e fora do campo”.
 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS