Zagueiro César se diz preparado para a final e afirma: “Queremos fazer história sendo campeões”

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/GuilhermeDorigatti

 

Contagem regressiva para a segunda partida da final da Copa Total Sul-Americana. O jogo já é nesta quarta-feira (11), às 21h50 (horário de Brasília) e a equipe da Ponte Preta já está na Argentina para enfrentar o Lanús, em La Fortaleza. Titular da zaga alvinegra, o zagueiro César se diz tranquilo, sabe que a ansiedade vai chegar, mas que a vontade de entrar para a história do clube supera qualquer coisa.

“Estou tranquilo. Por enquanto ainda não bateu a ansiedade ainda, mas eu acho que a partir de amanhã vai pintar aquele frio na barriga de todos. Estamos indo focados, conscientes para fazer um bom resultado lá. Não queremos levar a partida para os pênaltis e nem sair derrotados. Já estamos fazendo história, mas ela não termina aí. Ninguém quer ser vice. Queremos fazer história sendo campeões”, afirma o zagueiro, que confia no retrospecto do time fora de casa, para sair com a conquista.

“Fora de casa conseguimos derrotar o Criciúma, o Vélez e um gigante como o São Paulo. Só perdemos para o Deportivo Pasto e temos que entrar focados no jogo. Estamos concentrados desde já para fazer dentro de campo o que o Jorginho pedir para sair de lá felizes e não tristes”, acredita o atleta.

Para essa partida, a equipe não contará com o lateral-esquerdo Uendel, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Por conta disso, a defesa vai ser modificada. Mas nada que cause preocupação ao zagueiro. “Não vai ser diferente não ter o Uendel. Vamos entrar lá com o mesmo pensamento, com a mesma pegada e com o mesmo esquema tático. Sem o Uendel perderemos ofensividade, mas vamos ajustar o setor”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS