César comemora evolução na carreira e alerta para poder da bola aérea do Lanús

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/DJotaCarvalho

O zagueiro César chegou à Ponte Preta após disputar a última edição do Campeonato Paulista pelo Atlético de Sorocaba e, depois de passar um tempo buscando espaço no elenco, é hoje titular da equipe que vai disputar a final da Copa Total Sul Americana. “Há três meses eu estava pensando em conseguir uma vaga no banco de reservas, sempre trabalhando forte. Estou procurando aproveitar as oportunidades e realizando um sonho de estar em uma final internacional”, diz.

 

O defensor não esconde a alegria pela carreira em evolução. “Eu tenho 20 anos e comecei a jogar com 18 . Nem eu mesmo acreditava que poderia estar nessa crescente tão grande, então a felicidade é imensa. A ficha de estar na final ainda não caiu e, se formos campeões, vai cair menos ainda”, brinca César.

 

Focado na partida de quarta à noite, no Pacaembu, o zagueiro comenta sobre os principais pontos positivos da equipe argentina. “Temos que estar atentos com todas as jogadas deles. A bola área ofensiva e defensiva do Lanús é muito forte, eles tocam muito bem a bola e temos que diminuir os espaços para eles não criarem boas jogadas”, destaca.

 

Na opinião dele, é importante conquistar um bom resultado logo na primeira partida do confronto final. “O primeiro jogo em casa é mais importante porque podemos fazer um bom resultado diante da nossa torcida, que vai lotar o Pacaembu. O mais importante é não levarmos gols nesse primeiro jogo para podermos jogar mais fechados na Argentina e explorar os contra ataques rápidos”, finaliza.

 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS