Nota de pesar: Alexandro Caspani

A Associação Atlética Ponte Preta lamenta o falecimento do torcedor pontepretano Alexandro Caspani, que será sepultado às 13 horas deste sábado em Valinhos. Alexandro, que estava com 33 anos,  começou a frequentar o Majestoso com o pai quando criança e tornou-se um apaixonado pela Macaca. O torcedor casou-se ao som do hino da Ponte Preta e “passou” a paixão para a esposa, Inaê, com quem não perdia um jogo no Moisés Lucarelli ou na região.

Como quase todos pontepretanos,  Alexandro acreditou que a Macaca tinha boas chances de vencer o Paulista e 2015  e, no intervalo do jogo contra o Corinthians, ao atender um telefonema da esposa, reclamou que  estavam roubando a Ponte, mas ainda acreditava na vitória. Nenhum pontepretano viu Alexandro no campo depois daquele jogo, porque a esposa o encontrou no chão de casa, vítima de um AVC. Foi encaminhado para o Boldrini, onde teve complicações que incluíram uma anemia falciforme, passou por cirurgias e ficou internado na instituição, em coma.

Os médicos acharam que Alexandro, mesmo em coma, poderia ouvir o que era dito a ele e o primo, Helto, entrou em contato com a Ponte Preta, pedindo que fossem gravadas mensagens dos jogadores incentivando-o a voltar. O elenco alvinegro gravou as mensagens nesta semana, mas infelizmente não houve tempo para que o torcedor as ouvisse. A Ponte se solidariza com a família e amigos neste momento difícil e faz aqui sua homenagem a um torcedor apaixonado que nos deixa prematuramente.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS