Capitão Fernando Bob afirma: “Temos que pensar em titulo mesmo. Sabemos que é um jogo diferente, mas temos que pensar em sermos campeões”

 

Foto: Ponte Press/FábioLeoni

O elenco da Ponte Preta está na reta final de preparação para o primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, e o pensamento na partida só aumenta, não só entre os torcedores, mas também por parte dos atletas. Além da ansiedade, a motivação vem acompanhada e o volante Fernando Bob destaca. “Estou muito focado, motivado para fazer história na Ponte. Sabemos que o momento está chegando, que são dois jogos difíceis, mas estamos confiantes para dar o nosso máximo”, afirma o capitão, que reforça.

 

“Temos que pensar em titulo mesmo. Sabemos que é um jogo diferente, mas temos que pensar em sermos campeões. Esperamos que seja agora nesse Paulistão o momento da Ponte, para enfim poder comemorar. A motivação só aumenta”, enfatiza.

 

Bob comenta o quanto é importante essa conquista para a Macaca. “Se formos campeões pela Ponte a história vai ser diferente. Iremos colocar o clube em outro patamar. A Ponte precisa do título. Sabemos que será muito mais importante, do que outros títulos que ganhei por onde já passei. Para nós jogadores será muito importante saber que fomos os primeiros a conquistar com essa camisa”, ressalta o volante, que acrescenta. “É a grande final da minha carreira. É um grande jogo e um momento muito importante para mim”.

 

O jogador também revela o que imagina caso o título venha para o Moisés Lucarelli. “Isso é o que mais passa pela minha cabeça. Poder ser campeão pela Ponte, levantar o troféu do título. Sabemos que a torcida é muito carente desse título e estamos focados. Quero ser campeão, independentemente do que aconteça. Seria um sonho”, conta o atleta, que valoriza o trabalho do técnico Gilson Kleina, para que esse objetivo se tornasse possível.

 

“Ele veio e colocou esse pensamento de ser campeão na nossa cabeça. E as coisas têm acontecido de uma maneira muito positiva. É um cara que nos ajudou bastante, desde o dia que chegou aqui. É sério, correto, então o grupo abraçou o trabalho dele, damos o máximo para que tudo aconteça e graças a Deus estamos no caminho certo”, explica Bob, que prossegue.

 

“Desde a chegada do Gilson nossa equipe está em uma crescente. Fizemos um grande jogo contra o Santos, também contra o Palmeiras e vamos aproveitar esse embalo para dar o nosso máximo contra o Corinthians também”, afirma.

 

Outro ponto que o capitão destaca, é a importância do torcedor pontepretano.  “Já ficamos felizes dentro do ônibus quando chegamos no estádio. O apoio da torcida tem nos ajudado bastante. Em casa, com a torcida nos ajudando, é diferente. E subir o túnel, sabendo que representamos a Ponte nesse momento, é muito importante. Tem um gosto diferente”, completa.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS