Ponte Preta treina em dois períodos apresenta Cafu nesta sexta-feira (16); Elton prega foco em trabalho para vencer na próxima rodada

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/GuilhermeDorigatti

A Ponte Preta não joga neste final de semana, mas a preparação para o jogo contra o Vila Nova, na próxima terça-feira (20), continua com força total. A equipe treina em dois períodos nesta sexta-feira (13), data em que também será apresentado oficialmente o atacante Cafu (o jogador foi liberado ontem para inscrição), e o volante Elton não quer saber de lamentações por conta de a Ponte ter cedido o empate contra o Oeste no jogo passado.

“Vamos estar na torcida para não ficarmos muito longe do G4 nessa rodada. Estávamos com o pensamento em ter ganho esse jogo contra o Oeste, não conseguimos, mas empatamos. Está feito. Se tivéssemos ganho, estaríamos na terceira colocação, mas já foi e agora é trabalhar durante esses dias que restam, para terça-feira fazermos um bom jogo dentro de casa”, diz o atleta, que avalia o confronto contra o Oeste em duas etapas e considera a expulsão de Edno determinante para o empate ter acontecido.

“No primeiro tempo tivermos duas chances, uma com o Alexandro e outra com o Rodolfo, e acabamos não conseguindo marcar o gol. No segundo tempo saímos na frente, mas quando íamos respirar no jogo, tocar a bola, aconteceu a expulsão, no meu modo de ver injusta. E a outra equipe veio com força e conseguiu o empate. Tentamos segurar com todas as forças, mas eles vieram com tudo e fizeram um gol em cruzamento. É difícil com 11 jogadores, já que eles tem uma equipe que marca forte e saem para o contra-ataque, então com um homem a menos ficou ainda mais complicado. Mas paciência, esse jogo já foi e agora é concentrar no jogo em casa, porque temos que ganhar”, diz.

Elton também comenta o fato de na partida contra o Vila Nova, a Macaca não poder contar com sua dupla de ataque titular, Edno e Alexandro (que recebeu o terceiro amarelo). Segundo o jogador, quem entrar em campo vai dar conta do recado. “Eles vão fazer muita falta, são jogadores ali na frente que vem marcando gols importantes para nós, estão em uma boa sequência e sendo decisivos. Ma há jogadores que estão querendo mostrar serviço para o professor Dado e para a torcida, e acredito que vão entrar com todas as forças para nos ajudar”, completa Elton.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS