Ponte treina na tarde desta quarta (15) e atacante Cafú, que comemorou mais um gol marcado com a camisa do clube na rodada passada, mas diz que espera mais

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/GuilhermeDorigatti

O elenco da Ponte Preta realiza mais um treinamento na tarde desta quarta-feira (15), no CT do Jardim Eulina, visando ao jogo diante da Portuguesa na próxima sexta (17), às 19h30, no Canindé-SP. Autor do gol de empate contra o Santa Cruz no último sábado, o atacante Cafú se diz feliz em ter ajudado a equipe, mas quer mais para ajudar a equipe a se manter no topo da tabela e conquistar o acesso – vale lembrar que no início da 30ª  rodada, ontem, o Avaí (que poderia ultrapassar a Macaca ao menos temporariamente) perdeu e se manteve na terceira posição .

“Claro que é sempre bom fazer gols. O contra o Santa foi meu quarto com a camisa da Ponte e sempre que tiver chance vou procurar fazer. Infelizmente para nós, contra o Santa Cruz, o goleiro deles estava em um dia muito feliz e também fez boas defesas. Fazer gol é importante, mas, mais do que isso, conquistar pontos e o acesso é o nosso objetivo.”, afirma o jogador, que espera conquistar mais  com o clube.

“Não importa quem faça os gols, pois não temos esse tipo de vaidade no elenco. O que vale mesmo é conquistarmos as vitórias cada vez mais. Assim como eu, todo este grupo quer o melhor para a Ponte, e contamos com a força da torcida nesta sexta também, lá no Canindé, para fazer isso”, enfatiza.

Cafú ressalta a qualidade dos homens de frente do atual elenco pontepretano. “É sadia a disputa pela vaga no ataque. Todos se doam nos treinamentos para quando o Guto precisar estarmos no máximo do nosso nível. Eu, o Roni, o Alexandro, o Rafael Costa, estamos sempre em alto nível para quando o time necessitar. E por enquanto nós estamos resolvendo”, diz Cafú, que acredita que o time, e ele especificamente, conseguirão apresentar mais um grande trabalho longe de casa.

 “Com certeza conquistar pontos fora tem sido fundamental para estarmos na posição que estamos hoje. É importante pontuar em todos os jogos e conseguimos apresentar um bom futebol fora por conta dos espaços que os adversários dão, já que nos atacam mais. Para a minha função, que é de explorar a velocidade, ajuda, porque acabo tendo mais espaços para fazer minhas jogadas”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS