Renato Chaves e diretor da Elenko que o agencia desmentem boato carioca sobre quebra de contrato na Justiça e reafirmam que atleta é da Ponte; “Estão me julgando por algo que não falei e nem fiz. Inventaram”, diz o zagueiro

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/GuilhermeDorigatti

A onda de boatos no Rio de Janeiro envolvendo o zagueiro pontepretano Renato Chaves parece não ter fim e a cada inverdade desmentida outra aparece. Já que o atleta alvinegro não se apresentou no Rio de Janeiro como muitos chegaram a afirmar erroneamente que aconteceria, desta vez a mentira espalhada foi de que o próprio jogador e a Elenko Esportes entrariam na Justiça contra a Macaca.

Em férias, Renato sequer sabia que seu nome estava sendo usado. “Estou em Florianópolis, estão falando por mim e nem acompanho muito as notícias. Sou da Ponte Preta e me reapresento dia 4. Estão me julgando por algo que não falei e nem fiz. Inventaram”, diz o zagueiro, que inclusive vai colocar um vídeo no próprio facebook desmentindo a boataria.

O diretor da Elenko Guilherme Miranda reforça as palavras do defensor e desmente com veemência a boataria. “Na qualidade de agente do atleta, gostaria de afirmar que não existe nenhuma intenção de questionar o contrato com a Ponte na Justiça. O atleta tem toda intenção de permanecer no clube e a única forma dele sair da Ponte antes de cumprir seu contrato é o pagamento da multa estabelecida nele”, diz, colocando um ponto final na notícia inverídica e irresponsável.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS