Biro, Cicinho, Roni, Tiago Alves, mais um meia… Ocimar Bolicenho fala sobre negociações, especulações e os reforços da Macaca

 

Durante esta semana, em especial após a divulgação de que o zagueiro Tiago Alves desistiu de cumprir o que havia acordado com a Ponte para ir ao Palmeiras, o Executivo de Futebol Ocimar Bolicenho falou repetidas vezes à imprensa abordando diversas questões relativas aos reforços do elenco alvinegro para o restante da temporada 2013. O site oficial da Macaca traz para o torcedor um resumo das principais informações disponibilizadas por Bolicenho. Confira:
 
Os novos atletas que já chegaram ao elenco
O César está assinando um contrato de quatro anos com a Ponte Preta, o Magal está assinando até o final do Paulista do ano que vem. O Rafinha e o Paulo Roberto estão vindo por empréstimo do Audax até o final do ano, com opção de preferência de compra da Ponte Preta até o final do ano e, aí sim, se optarmos pela compra seria contrato de três anos para os dois também. Se não optarmos pela compra, a Ponte tem uma taxa de vitrine válida até a segunda janela internacional do ano seguinte. O Rodrigo Biro também veio em definitivo para a Ponte, com contrato de três anos.
 
Direitos em econômicos
Em todos esses jogadores a Ponte tem a opção de adquirir mais outra parte dos direitos econômicos dos jogadores. Atualmente, a Ponte tem 40% do Rodrigo Biro. O Rafinha e o Paulo Roberto, como são empréstimos, temos 20% de vitrine e a preferência de comprar mais 30 no final do ano para ficarmos com 50. O Cesar tem uma taxa de vitrine que é gradativa, de acordo com os anos que ele passar aqui, e teremos também uma opção de comprar pelo menos 30% dele. O Magal, nós temos os direitos federativos dele enquanto tiver contato com a Ponte Preta.
 
Cicinho no São Paulo
A proposta que recebemos foi por meio de terceiros e todos os jogadores que nos ofereceram estão na lista de dispensa que o São Paulo anunciou nesta sexta (10).
 
Tiago Alves
Eu recebi uma ligação do Tiago e ele me pediu desculpas e informou que o Palmeiras havia feito uma proposta muito grande e que a proposta inclusive cobriria a multa que ele teria que pagar por não cumprir o pré-contrato. Isso faz parte, é da vida. Ele cumpriu com a parte jurídica, contratualmente tinha uma multa e ele vai recolher, segundo ele. Então a parte jurídica está cumprida. Fica um pouco da magoa pessoal, mas isso passa na primeira semana”.
 
Multa
Os valores são uma coisa muito particular. São valores padrões que a Ponte Preta coloca em todos os contratos. A multa valeria tanto para a Ponte Preta, se também não exercesse o pré-contrato, quanto para o jogador. Então, volto a dizer, juridicamente está perfeito. Ele pagou a multa e cumpriu com o que estava escrito no contrato. Ele já tinha recebido também algum valor antecipado, que foi o período que ele esteve no Mogi. A Ponte já havia acertado um pagamento de 50% dos direitos econômicos. Ele pagando a multa, obviamente resta a Ponte agora discutir a participação nos direitos econômicos, esperamos que o Palmeiras venha de clube para clube resolver essa questão.
 
Val
Nós não chegamos a ter nenhum tipo de conversa com o Val. O Val nos foi oferecido depois do jogo contra o Santos pelo próprio Mogi, mas nós nunca dissemos oficialmente que agente tinha alguma tratativa com o Val. Nos parece que ele não tem mais contrato com o Mogi e optou pelo Flamengo. Está tudo certo. Era um dos nomes que havíamos observado, mas nós não temos só um nome para cada posição, sempre temos duas ou três alternativas. Ele era, sim um dos nomes, mas não consideramos como perda, até porque não tínhamos nenhuma tratativa adiantada com ele.
 
Carlos Alberto e Daniel
Não tem nada com o Carlos Alberto (Mogi Mirim). Com o (goleiro) Daniel existe uma tratativa adiantada, ele ficou de se apresentar segunda-feira, espero não ter nenhuma surpresa aí também. 
 
Roni 
Quanto ao Roni nós recebemos uma oferta de venda dos direitos econômicos em um papel timbrado do Mogi Mirim e respondemos que aceitamos a proposta. Estamos agora aguardando o Mogi Mirim porque a nossa parte já foi feita. Estamos apenas aguardando o desfecho. Se não me engano o Mogi está dissolvendo a sociedade que administra o clube e é isso que está emperrando a definição da transação do Roni.
 
Roger
O Roger também é um dos nomes que está em nossa relação. Nós já efetuamos uma proposta para ele, mas ele pertence ainda ao São Caetano até 31 de dezembro. Então nós também temos que envolver o São Caetano na conversa, o que ainda não fizemos.
 
Rescisões feitas
O Wellington Bruno foi para o Joinvile. Ele estava emprestado para a Ponte e tínhamos a opção de preferência que deveria ser exercida agora no dia 31 de maio. Optamos por não exercer essa preferência de compra e, em virtude disso, aceitamos uma proposta do Joinvile que nos ressarciu um pouco daquilo que havíamos gastado para ele viesse para cá. O Diego Rosa foi uma rescisão de comum acordo, foi feito um acordo entre as partes, e o Diego Rosa é livre a partir de agora porque ele não tem vinculo com nenhuma equipe.
 
Tamanho do elenco
Na medida em que estão chegando jogadores novos, o nosso grupo é 32, se chega um sai um também. Nós já temos acertados com o Mogi o Reynaldo e o Rossi (para ir para lá) e estamos em negociação para que o Geovane também vá. Depois que o Campeonato Paulista terminar vamos ter que ajustar o grupo para ter no máximo 32 jogadores.  
 
Novo zagueiro? 
Nós contávamos com o Tiago Alves e vamos ter que ir atrás de um zagueiro que jogue pelo lado direito. Mas não temos nenhuma tratativa avançada com outro jogador. Pela informação do departamento médico o Gustavo vai estar à disposição para a intertemporada que começa no dia 20 de junho, já totalmente recuperado de sua contusão. O Gustavo é um zagueiro que joga pela esquerda, mas também pode atuar na direita e com ele teremos cinco zagueiros. O ideal no nosso planejamento é termos seis.
 
Necessidade de mais um meia armador 
Não é só a Ponte Preta que está atrás desse meia armador, mas os times brasileiros todos. Nós sinceramente, ainda não encontramos a figura correta para esse lugar, mas temos sim a possibilidade de que, em achando esse jogador que todo clube brasileiro está atrás, um jogador que cumpra essas funções, nós estaremos alertas para fazer ele integrar nosso grupo

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS