Revelação do Fluminense, atacante Biro Biro veste a camisa da Ponte e acredita em grande campanha da Macaca no Paulistão

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/ThiagoToledo

Revelação do Fluminense-RJ e apontado como atleta de grande potencial no setor ofensivo, o atacante Biro Biro chegou com muita vontade de fazer história na Ponte Preta. O jogador diz ter excelentes referências do clube e se mostra animado em fazer uma boa campanha pela Macaca. “Conversei com o Thomás antes de vir, para saber como que era aqui. Ele me falou que a Ponte é um excelente clube, que é um time grande, que eu poderia vir para cá tranquilo porque iria ser bem recebido. E encontrei aqui Fernando Bob, Renato Cajá, jogadores excelentes dentro e fora de campo. Já estou à vontade”, conta.

Para o jovem atleta de 20 anos, a Ponte tem tudo para fazer ótimas competições em 2015, já a partir da estreia contra a Portuguesa em 1º de fevereiro. “ Vamos entrar nesse Paulistão forte, para brigar por coisa boa. Se Deus quiser no final vai todo mundo sorrir”, afirma Biro Biro, que mostrou se mostra satisfeito por integrar o elenco alvinegro.

“Eu estou feliz de estar aqui na Ponte. Agradeço à diretoria e a todos que acreditaram no meu trabalho. Chego para somar, ajudar e vou continuar trabalhando forte, para que,  Deus permita, possa contribuir com meu futebol”, diz. Com 1m64 e 56,6kg, o jogador se destaca pela velocidade, mas, ao falar sobre suas características, valoriza também sua qualidade em finalizar.

“A torcida pode esperar um jogador de muita velocidade pelas pontas, driblador e vou procurar fazer muitos gols com a camisa da Ponte. Eu prefiro jogar pela esquerda, porque sempre que corto para dentro a bola vai na perna boa para bater. Mas pela direita também jogo. Quanto a isso não há problema. Não sou muito de fazer graça não. Sou mais objetivo”, explica.

O atacante reforça que não espera, neste momento, ser titular do time. Para o jogador, o importante é trabalhar e estar à disposição do técnico Guto Ferreira. “Eu vim para ajudar. Se vou ser titular agora ou não, no momento não é a prioridade. Quero ficar bem tecnicamente, fisicamente e ajudar a Ponte nos jogos. É uma oportunidade de buscar algo a mais na Ponte. Não vim para cá pegar experiência. Vim para mostrar ainda mais meu futebol para o mundo. Se Deus quiser vou fazer um bom trabalho”, completa.

 Biro Biro conta ainda o porquê do apelido.  “Eu era do Nova Iguaçu. Foi lá que fui revelado e quando cheguei tinha um cabelo meio grande e enrolado. E lá tinha dois Diegos. Um tinha que mudar. Aí o treinador na época me botou esse apelido de Biro Biro (por causa do jogador que ganhou fama no futebol paulista nos anos 70 e 80 e tinha uma cabeleira semelhante) e pegou até hoje”, revela o atleta.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS