Autor do gol do fico, Moisés destaca: “Jogamos por nós, pela Ponte, nossas famílias e pela torcida”

Artilheiro da Macaca com 13 gols, o atacante Moisés foi mais uma vez decisivo na vida da Ponte no jogo que selou a permanência da Ponte na série B. Afinal, foi dos pés dele, após passe de Rodrigão, que saiu o “gol do fico”.  Para o camisa 21, o balançar das redes foi fruto do empenho de todo o grupo na partida.  “Estávamos focados, sabíamos que era o jogo das nossas vidas. Sabemos que merecíamos coisas maiores, queríamos o acesso, mas pelo menos conseguimos permanecer. E isso foi possível porque jogamos por nós, pela Ponte, por nossas famílias e pela torcida: sem vocês não somos nada”, diz o atleta, emocionado.

Moisés conta que a ansiedade chegou a pesar um pouco durante a partida. “Queiramos conseguir o resultado o mais rápido possível. Essa vontade de matar logo nos atrapalhou um pouco, mais do que o calor.  Mas ninguém perdeu a fé e todos se empenharam muito, o tempo todo. Para quem nos secou e achava que íamos cair, quero dizer que quem determina não são eles. É Deus e o nosso trabalho”, afirma.

EO jogador, que tem contrato com a Macaca até 2024, conclui: “Pedimos desculpas ao torcedor por não ter conseguido acesso, mas agradecemos o apoio e que Deus possa nos ajudar a subir no ano que vem. A Ponte é um time grande, não merece estar na B e muito menos na C.  Foi um ano difícil, complicado, mas que o ano de 2022 possa ser melhor para todos e um ano iluminado para a Ponte. De resto, por mais que tenhamos passado por adversidades, é agradecer a Deus e a quem nos apoiou, e em especial à torcida, excepcional pelo carinho que tem por nós.”

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS