Artilheiro pontepretano, William passa férias em casa e acompanhando a Seleção Brasileira

 

O atacante William disputou 25 jogos com a camisa da Ponte Preta na temporada 2013. Até aqui, o camisa 9 alvinegro balançou as redes adversárias 16 vezes, mais de 50% da meta de gols do centroavante para o ano, que é de 30 gols. “Coloquei essa meta para ser conquistada e estou chegando perto. Sei que ainda tem muita coisa pela frente, mas vou ficar muito feliz de marcar os gols e ajudar a Ponte Preta, que é o mais importante”, diz William, que marcou contra Corinthians, Guarani, Penapolense [3], São Bernardo, São Caetano, Atlético Sorocaba, Barbarense, Paulista, Botafogo Ribeirão Preto, XV de Piracicaba [2], Bragantino [2] e Flamengo.
 
Artilheiro do Campeonato Paulista e da Macaca no ano, William comemora a parada do calendário brasileiro no período de disputa da Copa das Confederações, mas não deixa de enxergar um lado negativo também. “O ponto positivo é que você tem o descanso. O nosso calendário está espremido no começo do ano e temos um jogo atrás do outro. Por outro lado, já estamos com um ritmo de jogo, fizemos a pré-temporada há pouco tempo e teremos que retomar tudo. Então vamos aproveitar esses momentos para corrigir os erros da equipe e depois retomar o Brasileiro com força total”
 
Como este período não vai corresponder às férias escolares, William planeja aproveitar os dias sem compromissos profissionais para ficar em casa com a família e torcer pela Seleção Brasileira, que estreou na competição ontem contra o Japão. “Provavelmente vou ficar descansando em casa mesmo. Meu filho tem prova na escola e não dá para viajar, deixa o passeio para o final do ano. Não tenho amizade com nenhum jogador dessa seleção de agora, só de jogar contra mesmo (risos), mas sempre torcemos pela seleção. Vou ficar assistindo com o pensamento positivo para que de tudo certo e o Brasil seja campeão.”
 
Para o centroavante, a reforma dos estádios brasileiros para a Copa das Confederações e Copa do Mundo vai deixar um legado positivo ao futebol do país. “Vamos ter uma estrutura de estádios muito boa, o que vai beneficiar muito para nós jogadores. Muitos estádios estão sendo reformados e até mesmo alguns que não estão na Copa, como o do Palmeiras e do Grêmio, estão se modernizando”.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS