Após vitória contra o São Caetano e contusão de Ferrugem, Guto Ferreira destaca: a felicidade hoje é parcial

 

A Ponte Preta voltou a vencer no Campeonato Paulista 2013 ao derrotar o São Caetano por 3 a 1 neste domingo. A Macaca manteve a invencibilidade na competição e retornou a liderança do Paulistão, divida com o São Paulo. Mesmo com a vitória em casa, o lance que mais chamou a atenção na partida foi a contusão do volante Ferrugem.
 
“A partir do momento do lance todo mundo ficou muito chateado. Quem estava mais perto já sentiu o que tinha sido no momento do lance. O Ferrugem vinha em um acrescente muito grande e agora vai ficar parado por um bom tempo. Nós perdemos uma opção que sempre esteve muito bem em campo, assim como nessa partida. Quero interpretar isso como acidente da bola. Vamos rezar para a recuperação dele ser o mais breve possível, até porque é um grande profissional que com certeza vai trabalhar muito para recuperar e cabe a nós dar toda a retaguarda e apoio emocional para que ele passe essa faze que existe na carreira”, diz o treinador Guto Ferreira.
 
O comandante da Macaca exaltou a possibilidade de fazer mudanças na equipe durante o andamento da partida. “Nós fizemos diversas variações durante o jogo. Por exemplo, o Memo, que começou de lateral, depois jogou de volante e terminou como lateral novamente. Quando fizemos a segunda inversão, o Cicinho voltou para o meio e bagunçou a defesa deles, enquanto o Memo segurou o Danielzinho que estava jogando bem pelo lado. É importante ter essas variáveis na equipe, por você muda a estrutura sem mudar os jogadores, você consegue dar um ritmo diferente na partida”.
 
Guto Ferreira destacou a boa campanha pontepretana, que está perto de conquistar seu primeiro objetivo, mas não conseguiu esconder a tristeza pela contusão de Ferrugem. “Os jogadores estão se empenhando e suando a cada jogo. Às vezes a bola não entra e como queremos sempre ganhar isso é ruim. Dessa vez, graças a Deus, entraram três e fora as tantas boas defesas do Fábio e outras chances para fora. Acredito que estamos perto de uma pontuação que nos garante entre os oito e vamos trabalhar para isso. Mas apesar de tudo, a felicidade hoje é parcial, estamos chateados. É bom ganhar, mas preferíamos ganhar sem perder um jogador dessa forma”.
 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS