Após vitória contra Caldense fora de casa, Ponte treina na tarde desta sexta-feira (8) e Gallo avalia desempenho da equipe na estreia na Copa do Brasil

 

Foto: PontePress/FábioLeoni

 

A equipe da Ponte Preta já retornou para Campinas, após a vitória desta quinta-feira (7) pelo placar de 2 a 1 contra a Caldense, pela Copa do Brasil. Os comandados do técnico Alexandre Gallo treinam na tarde desta sexta-feira (8) e já concentram para o duelo contra o Rio Claro, pelo Campeonato Paulista. O treinador pontepretano criticou o gramado do estádio Ronaldão e avaliou o desempenho da Macaca.

 

“Não tem a mínima condição de jogar em um gramado desses. Nossa equipe está acostuma a atuar com toque de bola, transição, lateral rápida e nós não conseguíamos. O que expliquei a eles o intervalo é que deveríamos entrar no ritmo do jogo. Se fosse um campo de areia nós tínhamos que jogar como se fosse na areia. Não dá para conduzir a bola, trocar passes para dominar, como nós fazemos. Tínhamos que fazer ligação direta e brigar pela segunda bola, como a Caldense fez o tempo todo. Tínhamos que entrar com esse espírito, dentro do que estamos acostumados. O gramado atrapalha as duas equipes, mas a deles está bem mais adaptada e procuramos nos adaptar o mais rápido possível”, explica Gallo, que destaca o quanto foi importante ter vencido.

 

“A vitória foi muito boa. Eu não acredito muito em sorte. Acredito que a sorte vem colada com a competência. No primeiro tempo tivemos algumas chances boas e a equipe deles veio em um volume que tinha que vir, sabendo que vão enfrentar uma equipe forte lá em Campinas. Mas com esses dois gols fora de casa dá uma chance boa de classificação. Mas é claro que nós respeitamos bastante a Caldense”, ressalta.

 

Ainda sobre o jogo, Gallo acrescenta o espírito de luta dos atletas. “É a história desse clube. É determinação. Claro que tínhamos que entrar com aquilo que era apresentado para nós. Nosso futebol não é esse, mas sim mais técnico. Nós que jogamos bola sabemos o que é. Mas o importante foi vencer e sabemos que em uma condição melhor, vamos apresentar um futebol com mais qualidade”, afirma o técnico, que já está com as atenções no jogo contra o Rio Claro, pelo Campeonato Paulista.

 

“As competições vão se afunilando e domingo vamos buscar fazer o nosso papel. Com todo respeito ao Rio Claro, queremos fazer um bom jogo e vencer”, diz o treinador, que revela o quanto o grupo está focado no confronto pelo Paulistão. “Temos que recuperar o pessoal. Nos concentraremos na noite dessa sexta porque precisamos disso. Não gosto de concentração de dois dias, mas neste momento se faz necessária. Os jogadores compraram a ideia. Vamos qualificar nossa recuperação”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS