Após derrota inesperada, Jorginho afirma: ganhamos do Botafogo e perdemos do Náutico, então assim como perdemos em casa, podemos recuperar fora de novo

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/GuilhermeDorigatti

 

A noite de terça-feira (01) não terminou da maneira que os pontepretanos esperavam. Em vez da vitória, uma derrota de virada para o Náutico por 2 a 1 no estádio Moisés Lucarelli. Apesar do resultado adverso, o treinador Jorginho acredita plenamente que a reação da Macaca irá continuar e pede ao torcedor que continue apoiando o time e acreditando na manutenção na série A.

 

“Ficamos chateados com tudo o que aconteceu ontem, mas é uma página virada. Temos que pensar que estamos crescendo cada vez mais e a equipe vem jogando bem e tendo um domínio da partida mesmo contra grandes equipes. Sabemos que é possível. Assim como perdemos em casa, podemos recuperar fora. Perdemos esse três pontos no Majestoso ontem, mas na rodada anterior ganhamos fora onde ninguém acreditava.”

 

O comandante alvinegro fala também sobre a atuação da equipe na partida. “Estávamos comandando o jogo bem e tínhamos todas as condições de vencer. Tomamos um gol que não se pode tomar de forma nenhuma, tivemos diversas oportunidades para buscar o resultado, mas perdemos muitos gols. Por mais que a gente queira ganhar, precisamos estar atentos ao contra ataque e como não fizemos isso, levamos o segundo gol”, analisa Jorginho.

 

Jorginho também lamenta alguns equívocos da arbitragem, que inclusive deixou de marcar dois pênaltis a favor da Ponte. “Isso não justifica o fato de não termos vencido, mas o juiz foi decisivo para o placar. Respeito a arbitragem, entendo que são seres humanos e como tal estão sujeitos a falhas, mas foram dois penais não marcados a nosso favor, então foi sim decisivo contra a gente.” 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS