Para Alemão, Macaca tem totais condições de vencer em São Paulo, mas tem que mostrar vontade dentro de campo para sair com resultado positivo

 

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/VictorHafner

A Ponte Preta tem mais um desafio importante às 16 horas de amanhã, no Pacaembu: a equipe enfrenta o Palmeiras, líder do Grupo D com 32 pontos, e precisa pontuar nessa reta final de primeira fase para assegurar a classificação pelo Grupo C no Campeonato Paulista. O jogo é complicado, mas para o atacante Alemão, mesmo fora de casa o elenco tem condições de sair com um bom resultado.

“Dentro da nossa cabeça, o nosso time tem que atuar da mesma maneira dentro ou fora de casa. O que pode mudar é a torcida. Assim como a da Ponte faz a diferença aqui para nós, a torcida deles pode fazer a diferença para eles. Mas isso não nos afeta, pois nós mantemos nossa mentalidade e a forma como entraremos em campo”, afirma o jogador, que não integrou o grupo que viajou para Roraima neste meio de semana.

“O planejamento nosso foi feito para viajar mesmo. O Palmeiras adotou uma ideia diferente e podemos aproveitar o cansaço dos atletas, caso eles atuem. Eles já estão classificados, nós ainda não, e podemos tirar vantagem disso. Temos que desempenhar nosso futebol e que vença o melhor”, diz Alemão.

Na avaliação do jogador, o adversário de domingo é muito qualificado, mas o fator vontade será determinante para a vitória. “O Palmeiras é essa equipe que estamos vendo, está jogando com muita raça, não tem bola perdida. E nós vamos procurar atuar da mesma maneira, sem bola perdida e com vontade. No meu modo de ver é esse que vai ser o diferencial. Quem tiver mais disposição vai sair vencedor”, acredita o artilheiro pontepretano, com seis gols no Paulistão.

E por falar em artilharia, Alemão responde q uma pergunta do lateral/volante Ferrugem, que ontem “invadiu” a sala de imprensa para questionar se o atleta queria buscar a artilharia do Paulista. “Digo que com certeza pro Ferrugem, mas preciso dos passes dele, ele chegando pelo fundo e vindo por dentro é fundamental. Tenho certeza que se você me dar os passes eu vou chegar ali na artilharia, Ferrugem, você é o cara”, completa o jogador.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS