Agora capitão, Élton mostra confiança em sair com a vitória, em primeiro jogo em casa na temporada

 

Foto: PontePress/GuilhermeDorigatti

A equipe da Ponte Preta recebe o Santos na noite dessa quarta-feira (03), neste que é o primeiro jogo da Macaca no Moisés Lucarelli, em 2016. Também é a primeira vez que Élton entrará como capitão no Majestoso. Na última partida, em Itápolis, o atleta já estava usando a braçadeira e se mostrou à vontade. “Está tudo no começo. Nunca havia sido capitão. É a primeira vez, estou gostando e jogador tem que lidar com pressão. Eu gosto disso e tem muito ainda para acontecer”, diz o atleta, que lamentou a derrota na primeira rodada, mas mostra confiança para o jogo dessa noite.

 

“Queríamos começar o campeonato com vitória. Trabalhamos para chegar em Itápolis e vencer, mas não aconteceu. Já passou, temos um confronto contra o Santos, vamos entrar com tudo dentro da nossa casa. Vamos com força total para recuperar os pontos que perdermos fora”, afirma Élton, que mesmo atuando em casa, sabe que vai ser um confronto difícil.

 

“Nós queremos buscar os pontos que perdermos fora e o Santos, que jogou em casa, não conseguiu um bom resultado e também virão nos enfrentar com muita força. Mas sabemos que dentro de casa a nossa força tem que prevalecer. Vai sobressair quem estiver mais focado e espero que seja nosso time”, explica.

 

Elton também avalia uma provável mudança na equipe que enfrentou o Oeste no último sábado. “É normal que haja mudanças e mude alguma forma de jogo. Vamos ver o que o nosso treinador irá projetar para esse confronto contra o Santos. O Vinícius quer um pouco mais de marcação e tenho certeza que com o trabalho que fizemos vamos buscar essa vitória”, acredita o meio-campista, que explica o que deve ser feito para sair com os três pontos.

 

“Quando enfrenta qualquer time grande, temos que saber que não podemos dar bobeira. Sobrou uma bola para o Ricardo Oliveira ele não perdoa. Mas é por isso que falamos em entrar com atenção dobrada, focado, sem dar espaço, marcando forte, com velocidade na posse de bola. Não podemos perder as oportunidades que criarmos. Se não matarmos, o adversário nos mata. Sair na frente é importante, não tomar gol cedo e tenho certeza que vai dar tudo certo”, reforça o jogador.

 

Élton também revela que, mesmo não sendo um jogador ofensivo, tem uma meta de gols que combinou com a sua esposa e promete ir em busca desse objetivo pessoal também, para dar alegrias à torcida.

 

“Tenho conversado com minha esposa. Temos uma meta de gols durante o ano e ela sempre me cobra que tenho que chutar mais. Não só ela, como meu empresário também. Esse ano estou fazendo isso. Só não digo a meta a vocês porque é segredo e depois irão ficar me cobrando. Se der certo, no ano que vem aumento um pouco. Me adaptei muito bem ao clube, gosto de jogar aqui, no nosso campo, junto da nossa torcida. Sei que o ingresso está a R$10 e acredito que a torcida vai estar em peso nos ajudando”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS