Sem poder atuar na Sul Americana, meia Adrianinho quer um fim de Brasileiro positivo para equipe

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/DJotaCarvalho

O meio-campista Adrianinho é uma das peças importantes do técnico Jorginho, mas por conta de uma suspensão de cinco partidas imposta pela Conmebol, o atleta não pode ser utilizado nas finais da Copa Total Sul Americana a não ser que seja considerado recurso apresentado pela Macaca – sobre o qual a Confederação ainda não se manifestou. Desta forma, o jogador deve ser um dos nomes da equipe titular no jogo deste domingo (01) pelo Brasileirão, diante da Portuguesa.

“Não importa o fato de que o placar não altera mais nossa situação na competição: é um jogo e vale três pontos. A partir do momento que se entra em campo representando a sua equipe, você tem que dar o seu melhor e buscar sempre a vitória”, afirma Adrianinho. O atleta também ressalta o quanto foi importante esse segundo semestre, na Ponte Preta, no qual ele pode novamente ter uma sequencia de jogos.

“Para mim o semestre foi ótimo. Ano passado cheguei aqui e não tive oportunidade de jogar por ter ficado muito tempo parado. Começou o ano e da mesma forma a situação continuou. Mas graças a Deus eu comecei a jogar. O Jorginho me colocou mais em jogos. Nunca tive problemas físicos, foi um ganho excepcional, sou muito elogiado pelos profissionais do clube e espero que a Ponte também possa lucrar com isso, ganhando o título na Sul Americana”, diz o camisa 10.           

Sobre ser o último jogo da Macaca no Majestoso, o atleta também faz questão de dizer que conta com a força da torcida mais uma vez. “Aqui é sempre bom, independentemente de lotar ou não, o torcedor vem aqui e nós estamos acostumados, eles nos apoiam em qualquer momento. O torcedor fiel está sempre aqui e vai comparecer no jogo deste domingo”, aposta.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS