Ponte traz ponto de Goiânia, após empate por 2 a 2, se mantém na 15ªposição e foca em vencer o CRB

Foto: RosironRodrigues/GoiásEC

 

Com gols de Fábio Sanches e Léo Naldi no primeiro tempo, a Ponte Preta saiu na frente em Goiás, mas acabou tomando o empate na etapa complementar. “Foi um jogo equilibrado. A gente abriu 2 a 0 e depois tinha proposta para matar o jogo, mas infelizmente em duas bolas aéreas eles conseguiram empatar o jogo”, pontua Léo Naldi, autor do segundo gol alvinegro.

Com o resultado, a Macaca está com 39 pontos e se mantém na 15ª posição e agora foca em vencer o CRB no Majestoso no próximo domingo (7), às 20h30 – um resultado importante já que a parte debaixo da tabela ficou bastante embolada nesta rodada. O time do técnico Gilson Kleina está a um ponto acima do Z4, sendo que tanto Londrina (que abre a zona) quanto Brusque (o primeiro fora) têm 38. Ao mesmo tempo, a Ponte tem apenas um a menos que o Sampaio Corrêa e o Cruzeiro – que na próxima rodada enfrenta justamente o Londrina.

O jogo

A partida em Goiânia começou com os donos da casa pressionando, mas não conseguindo superar a marcação da Ponte, que buscava espaço para os contra-ataques. Aos seis minutos, Iago disparou pela esquerda, mas a defesa adversária parou de carrinho.  Aos 11, jogada rápida pela esquerda, com Rafael Santos e Rodrigão, que acabou desarmado com a bola indo para a lateral.

Aos 16, escanteio para a Macaca após jogada de ataque de Iago. Na cobrança para a área, Rayan desviou na segunda trave mas o goleiro adversário fez a defesa. Aos 21, falta perigosa o adversário, mas Ivan fez boa defesa. No minuto seguinte, Niltinho desceu ao campo adversário e tentou o cruzamento, que acabou interceptado.

Aos 23, Rafael Santos cobrou falta na área e Yago Henrique desviou de cabeça, mas o camisa 1 adversário pegou. Aos 26, bom lance de Iago, que foi parado com falta no bico da área. Rafael Santos cobrou uma bomba, que explodiu na barreira. Aos 29, nova falta para a Macaca, que Rafael cobrou na área e a zaga colocou para escanteio. Na cobrança, Rafael Santos mandou belo cruzamento na área e Fábio Sanches subiu na primeira trave e cabeceou para o fundo da rede. 1 a 0.

Aos 32, Iago saiu em contra-ataque veloz e jpa ficaria no um contra um quando foi parado com falta por trás, que rendeu um cartão amarelo ao adversário. Aos 36, Léo NAldi disputou bola com a zaga da casa, mas o juiz marcou falta de ataque. Aos 42, o Goiás tentou imitar o lance de gol da Ponte, mas Ivan se esticou e fez bela defesa.

Aos 45, saiu o segundo da Macaca, dos pés de Léo Naldi. Iago disparou pela esquerda e cruzou. Rodrigão tentou finalizar, mas bola sobrou para Marcos Júnior rolar Léo Naldi pegar de primeira e balançar as redes, sem chance de defesa para o arqueiro oponente. 2 a 0.

No segundo tempo, a Ponte teve chance antes do primeiro minuto, em lance rápido que terminou com chute de Léo Naldi, mas a bola ganhou muita altura. Na sequência, Iago passou para Rodrigão no campo de ataque, mas a zaga se antecipou e ficou com ela. Aos quatro, após bom toque de bola no campo adversário, Niltinho foi parado com falta.

O Goiás começou a pressionar, mas a Ponte controlava bem o jogo e marcava o adversário. Aos 21, a Macaca chegou pela esquerda. Iago tabelou com Léo Naldi e cruzou rasteiro para Rodrigão, mas a zaga cortou o lance.  O Goiás pressionava e aos 26, logo após bola na trave de Ivan, o time da casa diminuiu: 2 a 1.

Aos 32, jogada de ataque de Richard terminou em escanteio. Camilo mandou para a área. Mas o juiz marciu uma falta no goleiro adversário. Aos 37, Marcelo Hermes chegou ao fundodo campo adversário, mas foi bloqueado na hora em que tentou cruzar. Aos 38, Josiel armou contra-ataque e a bola chegou aos pés de André Luiz, que mandou uma bomba para o gol e o arqueiro oponente se esticou inteiro para impedir o terceiro da Macaca.

Mas os donos da casa seguiam na pressão e aos 43 conseguiram o empate. A Ponte não desistiu e aos 46 Felipe Albuquerque levantou bola na área, mas ela ficou com o goleiro adversário. Aos 50, o juiz apitou o final do segundo tempo, com 2 a 2 no placar.

Ficha do jogo

Ponte Preta: Ivan; Felipe Albuquerque, Rayan, Fábio Sanches e Rafael Santos (Marcelo Hermes); Yago Henrique (André Luiz), Marcos Júnior (Camilo) e Léo Naldi;  Niltinho, Rodrigão (Josiel) e Iago (Richard). Técnico: Gilson Kleina.

Goiás: Tadeu; Apodi (Dadá Belmonte), David Duarte, Reynaldo e Hugo; Dieguinho, Rezende (Felipe Bastos)  e Elvis; Welliton (Albano), Nicolas (Bruno Mezenga) e Luan Dias (Alef Manga). Técnico: Glauber Ramos.

Gols: No primeiro tempo, Fábio Sanches aos 29 e Léo Naldi aos 45; no segundo tempo, Dadá Belmonte aos 26 e Alef Manga aos 43.

Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira apitou, com Jean Márcio dos Santos e Lorival Cândido das Flores como assistentes. O árbitro de vídeo (VAR) foi Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro.

Cartões amarelos: Hugo, Caio Vinícius (Goiás); Rayan (Ponte)

Público e renda não-divulgados

Partida válida pela 33ª rodada da série B, disputado no Estádio Serrinha, em Goiânia.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS