Ponte empata com o vice-líder e traz ponto para Campinas, onde quer vencer o Náutico no próximo no dia 16, no Majestoso, com a volta da torcida da Macaca

Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC

A Ponte Preta foi valente e quebrou a sequência de quatro vitórias do Avaí, vice-líder da série B do Brasileiro. A Macaca terminou o primeiro tempo atrás do adversário, que abriu o placar aos 30 da etapa inicial. No segundo tempo, porém, Léo Naldi deixou tudo igual logo aos quatro e a Ponte teve diversas chances de ampliar, em especial após a expulsão de Bruno Silva aos 32, mas os donos da casa seguraram o ímpeto alvinegro com marcação serrada e faltas.

Com o resultado, a Macaca ficou com 34 pontos, quatro a mai que o Londrina, que abre o Z4 e ainda joga nesta rodada. A equipe do técnico Gilson Kleina volta a campo às 16 horas do sábado da semana que vem (16 de outubro), no primeiro jogo do ano no Majestoso com a torcida, para enfrentar o Náutico.

O jogo

Mesmo jogando fora de casa, a Ponte começou pressionando o adversário. Aos sete, Léo Naldi tabelou no meio de campo e saiu em velocidade pela esquerda. O jovem atleta mandou para a área, mas ela acabou saindo pela linha lateral.

Aos oito, Ednei lançou do campo de defesa para Marcos Júnior, que dominou e tentou o gol, mas a zaga afastou. Aos 11, novo lance do volante pontepretano, mas mais uma vez a defesa cortou.  Dois minutos depois, ataque de Richard foi parado com falta.

Aos 15, nova falta , desta vez em Léo Naldi. Moisés cobrou e houve desvio da barreira, mandando para escanteio. Na cobrança, Rafael Santos mandou na área, mas o time adversário tirou de cabeça. No rebote, André Luiz tentou de fora, mas isolou.

Aos 19, Moisés recebeu pela esquerda, cortou para o meio e chutou, mas a bola foi para fora. Aos 22, Ygor Vinhas fez uma defesa quase impossível, defendendo chute que ia no ângulo com a ponta dos dedos. Aos 26, Moisés saiu em velocidade e atravessou o campo, mas o cruzamento que o camisa 21 fez para Richard acabou sendo interceptado.

O Avaí começou a pressionar mais, enquanto a Macaca também não desistia de chegar ao gol. Aos 27, Moisés saiu em velocidade pelo meio e foi parado com falta. Na cobrança, a bola foi para a área, mas acabou cortada pela zaga – Rafael Santos pegou o rebote e arriscou de fora da área, mas ela saiu por cima do gol. Aos 30, porém, o adversário abriu o placar, com um chute colocado de defesa impossível – Ygor quase alcançou, mas ela acabou entrando.

A Ponte tentou o empate na sequência, com Moisés, mas o camisa 21 foi parado com falta. Aos 38, Richard fez o cruzamento pela direita, mas o oponente conseguiu cortar o lance. Aos 44, boa chance da Ponte, com Kevin descendo em velocidade e passando para Moisés, na frente da área, dar um petardo que explodiu na zaga. Aos 46, o juiz apitou o final da etapa inicial.

A Macaca foi para cima e empatou logo aos quatro minutos do segundo tempo. Moisés fez jogada pela direita e passou para Kevin, que levantou a bola a bola na área. Léo Naldi mergulhou de cabeça e balançou as redes. 1 a 1 na Ressacada.

Aos seis, quase veio a virada. Moisés recebeu falta e, na cobrança de falta, Rafael Santos soltou uma bomba e a bola passou lambendo a trave. Aos 18, Marcos Jr foi parado com falta. Rafael Santos cobrou com força, mas ela saiu pelo lado do gol Aos 19, boa jogada de ataque na área entre Richard e Léo Naldi, mas a zaga cortou. Na sequência, porém, a Macaca recuperou e Richard foi parado com falta.

Aos 25, Veras fez boa jogada para Moisés, que carregou para o fundo e tentou o cruzamento, ganhando o escanteio. Aos 29, Veras saiu em velocidade, se livrou do primeiro marcador, mas foi derrubado pelo segundo. Aos 32, em bola disputada no campo de ataque, Bruno Silva acabou entrando de sola em André Luiz e foi expulso.

Aos 35, Moisés passou por dois, em jogada individual, e foi derrubado. No lance seguinte, Rafael Santos foi derrubado – com um a mais, a Ponte foi para cima e o Avaí começou a parar quase todos os lances com falta. Aos 41, Kevin fez cruzamento na área, mas a defesa da casa cortou. Na sequência, Camilo recebeu bom passe, mas não conseguiu cruzar.

Aos 42, Lucas Cândido deu bom chute ao gol, mas a bola desviou no morrinho e foi para o meio do gol, facilitando a defesa do camisa 1. Aos 45, após lance com Moisés e Kevin, Lucas Cândido levantou na área, mas o goleiro se adiantou e ficou com ela.  Aos 47, Iago fez linda jogada individual, pulando por cima da marcação num primeiro momento, depois tirando o marcador e levantando na área. Josiel cabeceou, mas ela saiu pela linha de fundo. Aos 48, o juiz apitou o fim do jogo.

Ficha do jogo

Ponte Preta:  Ygor Vinhas; Kevin, Ednei, Fábio Sanches e Rafael Santos; Marcos Júnior, Léo Naldi (Lucas Cândido) e André Luiz (Camilo); Richard (Iago), João Veras (Josiel) e Moisés. Técnico: Gilson Kleina.

Avaí: Glédson;  Edilson, Betão, Fagner Alemão e Diego Renan (João Lucas); Bruno Silva, Jean Cléber (Jadson) e Lourenço; Vinícius Leite (Valdívia) , Jonathan (Rômulo, depois Wesley Soares) e Copete. Técnico: Claudinei Oliveira.

Gols: No primeiro tempo, Copete, aos 30; No segundo, Léo Naldi aos quatro

Arbitragem:  Dyorgines Jose Padovani de Andrade apitou, tendo como assistentes Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antonio Zanotti. O quarto árbitro foi Edson da Silva e o VAR foi comandado por Flavio Gomes Barroca.

Cartões amarelos: Rômulo, Betão, Wesley  (Avaí)

Cartão vermelho: Bruno Silva

Partida válida pela 29ª rodada da série B, realizada na Ressacada

Público Total: 1.540 

Renda Total: R$ 34.693,00

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS