Com apresentação impecável que garantiu vaga na seleção da rodada, Rayan acredita em bom jogo na quarta: “Acho que nossa vitória fora de casa está bem perto de acontecer”

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

O zagueiro Rayan estava retornando de lesão no dérbi,  após seis rodadas longe da titularidade. Mas nem parecia. Com uma apresentação impecável, o jogador conquistou inclusive um lugar na seleção da rodada: segundo o SofaScore – que deu sete e meio à atuação dele – o defensor ganhou quatro de cinco combates aéreos e três de cinco por baixo, não tomou nenhum drible e ainda fez mais três interceptações, quatro cortes e dois desarmes, fora vinte passes certeiros (67¨% de acerto).

O xerifão alvinegro comemora os bons números, ainda mais por se tratar de um dérbi. “Voltar em um jogo assim é especial pela grandeza do clássico e pra mim, como jogador. Queria fazer um bom jogo e que saíssemos com a vitória, o que infelizmente não ocorreu. Mas no todo o ponto foi importante e agora é emendar uma sequência positiva”, diz Rayan.

O defensor destaca que a boa postura da defesa na rodada passada é um ponto positivo. “Foi um jogo equilibrado, brigamos de igual para igual e as duas equipes tiveram chances, mas acredito que a gente teve mais. Nossa performance defensiva cria aquela casca, aquela confiança a mais., e agora é manter a pegada, sempre em busca da vitória”, afirma.

E Rayan acredita que os três pontos longe do Majestoso podem vir nesta quarta-feira à noite, no confronto com o Operário. “Não ser afetados por uma pressão excessiva por causa disso, estamos fazendo bons jogos fora, então é jogar bem como já estamos fazendo, mas não tomar gol e fazer os nossos. São três pontos válidos e importantes pata gente, e acho que estamos bem perto esta vitória”, destaca.

Quanto à possibilidade de atuar com Fábio Sanchez, que também está retornando de lesão e pode aparecer na zaga no lugar do suspenso Cleylton, Rayan não vê problemas em um suposto desentrosamento. Pelo contrário, para ele isso não existe. “Nós sempre treinamos juntos e da outra vez, quando voltei de lesão do CRB, foi o primeiro jogo que fiz com o Fábio e foi tudo vem,, depois veio o Botafogo e também foi tranquilo. Acho que entrosamento a gente ganha nos treinos, depois consolida nos jogos, então não vai ser um problema”, finaliza.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS