Completando 150 jogos com a camisa da Ponte neste sábado (11), goleiro Ivan classifica as cinco maiores partidas que fez até agora pela Macaca e projeta duelo contra o Cruzeiro

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

Que a Ponte Preta é uma escola de goleiros o mundo do futebol sabe. Além de grandes arqueiros ao longo da história que envergaram o manto pontepretano, a formação de “camisas 1” é notória, sendo o atual titular e capitão parte deste histórico espetacular. Ao entrar em campo diante do Cruzeiro nesse sábado (11), às 11 horas no estádio Arena do Jacaré, na cidade mineira de Sete Lagoas, Ivan completará 150 jogos disputados pela Macaca.

“Para mim é uma grande honra. A Ponte sempre teve a tradição de ter grandes goleiros e eu poder atingir essa marca é um motivo de muito orgulho para mim. Não só para mim, mas para a minha família também”, diz Ivan que acrescenta: “Eu já estava muito feliz quando fui estrear. Completar 150 jogos, então, é algo inexplicável”, destaca.

Entre tantos jogos disputados, Ivan lista os cinco que considera terem sido os mais emblemáticos. São eles:

1 – Corinthians 0 X 1 Ponte Preta, em 2018;
2 – Derbi 197, Ponte Preta 2 X 0 Guarani, em 2020;
3 – Cruzeiro 3 X 0 Ponte Preta, em 2020;
4 – América Mineiro 0 X 0 Ponte Preta, em 2019;
5 – Ponte Preta 3 X 0 Brusque, em 2021.

E, dentre as partidas desta lista, ele destaca de dois: a estreia como titular na vitória de 1 a 0 contra o Corinthians e a recente vitória de 3 a 0 em cima do Brusque.

“Eu tive grandes partidas que vão ficar guardadas na minha mente e nunca vou esquecer. Mas como se fala, ‘a primeira vez a gente nunca esquece’ e para mim foi muito marcante. De lá pra cá foram grandes partidas, mas estrear de titular e ainda poder defender um pênalti, para um goleiro não tem preço”, recorda o camisa 1.

Ivan completa falando do jogo contra o Brusque. “A gente trabalha sempre na intenção de não sofrer gols, de ajudar a equipe e naquela partida eu fui bastante acionado. Pude fazer algumas defesas e em especial uma próxima do final do jogo, em um escanteio, onde o atacante deles estava praticamente sozinho na pequena área, e em cima da linha consegui fazer com o pé uma grande defesa. Foi importante para mim, para o grupo e fico feliz de estar ajudando meus companheiros”, avalia.

Diante do Cruzeiro, adversário em que o jogador também já fez grandes defesas contra, Ivan projeta mais um confronto equilibrado, até pela proximidade das equipes na tabela de classificação. “A esperança da gente é conseguir a primeira vitória fora de casa. Espero fazer um grande jogo e ajudar meus companheiros”, finaliza.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS