Kleina comemora vitória em dia especial e afirma: “Deus reserva os melhores soldados para as grandes guerras, não vamos desistir jamais”.; confira o vídeo dos bastidores

Foto: PontePress/ÁlvaroJr

Uma vitória em pleno aniversário de 121 anos, com raça e cara de Ponte Preta, e que de quebra ainda tirou o time do Z4. Todos esses elementos fizeram com que o jogo de ontem tivesse um sabor especial para o elenco e para o técnico Gilson Kleina, que após o jogo seguiram até o portão de entrada para comemorar com a torcida e cantar parabéns à Macaca.

“Foi uma vitória brilhante de toda a equipe, que não desistiu para fazer essa bela vitória num dia especial. Foi premiado o time que realmente não desistiu. É um sentimento muito bom, de uma vitória muito especial. Poder dar esse presente a todo pontepretano é de grande valia. É isso que nos dá força, essa torcida nos esperando após uma vitória de raça e entrega”, diz o treinador.

GK destaca a sensação que sentiu após o apito final ontem; “Dever cumprido, de tudo que a gente está trabalhando. Entendo as críticas, acho que às vezes fogem um pouco e doem na gente, mas não posso baixar a cabeça. Estou tentando passar confiança para melhorar o astral deles, porque a gente só vai sair dessa situação com união. Nada resiste ao trabalho e a resiliência vai continuar”, promete.

O treinador diz que é preciso manter uma mentalidade positiva e manda um recado ao torcedor. “A gente tenta não focar no problema e, sim, pensar na solução. Sei que, quando os resultados não aparecem, algumas situações são fomentadas, mas eu não posso viver disso. Acho que é o momento de falar ume mensagem importante para o pontepretano: Deus reserva os melhores soldados para as grandes guerras. Não vamos desistir jamais.”

Além da resiliência, Kleina destaca a importância da união de todos na Ponte Preta. “A gente está tendo uma harmonia muito forte. A diretoria está passando a confiança e a avaliação mais importante é o dia a dia. A gente chega de viagem, se apresenta logo cedo, faz reuniões, prepara o time, estuda o adversário. Sabemos da responsabilidade que é treinar esse time. Quantos jogadores e técnicos de alto nível já passaram por aqui. Ontem, internamente, eu não falei isso para os atletas, mas a gente tinha essa responsabilidade de dar a vitória para o torcedor. A gente sabe bem da história dessa instituição. Então fomos dormir felizes…mas amanhã já acordamos com foco no confronto com o Confiança”, afirma.

 Ele finaliza falando justamente sobre o jogo de sábado, mais um confronto de seis pontos para a Macaca, fundamental para deixar o Z4 para trás. “O jogo de ontem era muito importante para as nossas pretensões por ser um confronto direto. Essa vitória vai dar condição para a gente fazer mais uma batalha e sabemosque o Confiança vem aqui para marcar, ser uma equipe reativa. Vamos ter de ser um time organizado o tempo todo”, conclui.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS