Meninos da Macaca se despedem do Brasileiro de Aspirantes com empate e já estreiam no Paulista nesta sexta (6), contra o Jaguariúna FC

Foto: PontePress/DiegoAlmeida

Jogando no Majestoso na tarde desta quinta-feira (5) contra o Coritiba, os Meninos da Macaca se despediram do Campeonato Brasileiro de Aspirantes com o empate em 1 a 1.  O técnico Gilson Kleina e o executivo de futebol Alarcon Pacheco acompanharam a partida. A equipe alvinegra SUB20 se prepara, agora para estrear no Campeonato Paulista, já às 15 horas desta sexta-feira (6), contra o Jaguariúna FC. A partida será realizada na cidade de Itapira.

“Disputamos o Brasileiro de Aspirantes, que é uma competição SUB23, com o time mais jovem entre os concorrentes, já que a maioria absoluta de nossos atletas era da categoria SUB20 ou até mais jovem, como o caso do zagueiro Douglas, que tem apenas 16 anos. A ideia foi justamente, após um ano em que a categoria ficou praticamente parada em virtude da pandemia, possibilitar uma experiência de competição em alto nível e dar cancha aos atletas para o Paulista de Base”, diz Odair Batistela, coordenador geral das categorias de Base da Ponte Preta.

O próprio zagueiro Douglas endossa as palavras de Batistela. “Foi muito importante termos disputado o Aspirantes. Enfrentamos equipes de todo o Brasil, que jogam de diferentes formas. Isso nos deu uma experiência muito boa, ganhamos mais rodagem para Paulista, que também é muito importante”, afirma.

No Paulista, a Macaca vai disputar tanto as partidas do SUB20 quanto as do SUB17 e as do SUB15 – que estrelam em 28 de agosto – em Itapira. “A Ponte gradece imensamente ao apoio recebido pela cidade de Itapira, em especial na figura da Secretaria de Esportes e do secretário Flávio Boretti. Neste momento difícil de pandemia, as atividades no estádio Moisés Lucarelli estão reduzidas e a utilização do campo acaba sendo destinada exclusivamente ao time profissional, razão pela qual nossos meninos da Base alvinegra precisavam de um espaço adequado para disputa dos jogos”, diz Odair Batistela.

O jogo

O jogo começou equilibrado e a primeira oportunidade da Macaca surgiu aos 6’, após o lateral esquerdo Anderson cobrar escanteio e Edson subir para desviar de cabeça. A bola passou rente a segunda trave e foi para a linha de fundo. Aos 9, Matheus Alisson recebeu e partiu no contra-ataque pela direita e cruzou na área para Anderson, mas a defesa conseguiu interceptar e cortou para escanteio. Os adversários responderam aos 12’, após cobrança de escanteio fechada para o gol de Guilherme, mas a bola foi direto para fora. E nos 15, Kaio Lima da intermediária arriscou direto para o gol e Guilherme se esticou para mandar para escanteio. Bruno José, pela direita, deu a resposta aos 18’, quando fez a finta sobre a marcação e, na sequência, a defesa cortou para escanteio. Na cobrança, o zagueiro Douglas aproveitou o rebote e arriscou uma bicicleta. A bola beliscou o travessão e foi para fora.

E numa jogada de bola parada, o adversário abriu o placar aos 32’ com Guilherme Sales de cabeça, após cobrança de escanteio. Aos 34’, Bruno José recebeu lançamento preciso, próximo da grande área, e foi parado com falta por Maicky que recebeu cartão vermelho. Com um homem a mais, os minutos finais do primeiro tempo foi e de pressão total da Macaca. E, aos 41’, Bruno José rente a linha de fundo invadiu a área e chutou. O goleiro Rafael William de canela conseguiu efetuar a defesa e evitou o gol do empate alvinegro.

Segundo tempo

Na segunda metade, o técnico Eduardo Abdo promoveu duas substituições. Entraram Arthur e Vitinho nos lugares de Anderson e Edson. A primeira jogada de ataque surgiu aos 7’ com Bruno José que clareou e arriscou da intermediária e o goleiro Rafael William espalmou para escanteio. O empate veio aos 10’, Matheus Alisson invadiu a área, limpou a marcação e tocou para o estreante Vitinho bater e marcar o gol de empate da Macaca, 1 a 1.

Aos 17’, Abdo retirou Cauê para a entrada de Lucas Santos. E nos 19’, Alex Girolli recebeu o segundo amarelo e, também, teve que deixar a partida. Nos 21’, Gustavo entrou no lugar de Bruninho. Aos 23’, Diogo Batista cobrou falta perigosa para o Coritiba, mas a bola foi direto para fora. Aos 27’, ainda no campo de defesa, Bruno José recuperou a bola e lançou Vitinho que partiu para o contra-ataque e já na grande área acabou sendo travado na tentativa do passe. E aos 29’, Lucas Santos disparou pela direita e no fundo cruzou rasteiro para área. A defesa conseguiu efetuar o corte. E na pressão, a Macaca chegou ao ataque, novamente, com Lucas Santos que cruzou para Vitinho. Ele se esticou, mas não alcançou a bola. A resposta do Coritiba veio na sequência com o chute no travessão. Aos 34’, Matheus Alisson respondeu, mas a bola passou sobre o gol de Rafael William. Aos 41, Abdo mexeu mais uma vez. Entrou Cuiabá no lugar de Matheus Alisson. A Macaca ainda tentou a virada com Cuiabá em jogada individual pela esquerda e com Gustavo que recuperou a bola no centro do gramado e partiu em velocidade, mas acabou sendo interceptado na hora da finalização. E foi só no Majestoso, 1 a 1.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS