Ponte treina em Maceio e Kleina prevê jogo duro contra o Botafogo-RJ, mas enfatiza: “Vamos trabalhar para vencer, manter essa coragem, essa confiança, sermos ambiciosos para conseguir os três pontos”

Foto:PontePress/ThiagoToledo

Ainda em Maceió, o elenco pontepretano faz nesta manhã de segunda (2) um treinamento físico na areia – o embarque para Campinas está previsto para a madrugada de terça-feira. O técnico Gilson Kleina quer empenho redobrado da equipe que, mesmo jogando com dez durante todo o segundo tempo, conseguiu conquistar um ponto diante do até então quarto colocado e sair do Z4.

“Já estamos começando a semana conversando com nossos analistas, estudando o jogo do Botafogo-RJ, que com certeza estará confiante para nos enfrentar: eles vêm de três vitórias com novo comando, ganharam clássico e estarão nos próprios domínios. Mas vamos trabalhar para vencer, manter essa coragem, que demonstramos ontem, essa confiança, sermos ambiciosos para conseguir os três pontos”, pontua o treinador.

O treinador avalia o jogo de ontem, no qual viu uma Macaca combativa em campo. “A gente dominou as ações no primeiro tempo, teve confiança, coragem, trabalhou bem a bola. Tivemos uma boa movimentação na hora da construção, mas falhamos no último terço. Tanto que, quando tomamos a melhor decisão, fizemos o gol. E a gente tomou o gol também quando estava melhor na partida, de bola parada, mas oO importante foi a reação logo em seguida.”, analisa.

Já na segunda etapa, acrescenta, a Macaca teve que lidar com o fato de atuar com um atleta a menos contra um adversário perigoso. “Quando perdemos o Cleylton, o time ficou mais reativo, preocupado em se proteger, e ainda assim criamos algumas chances. Independentemente disso, levamos um ponto precioso para Campinas, conquistado contra um oponente qualificado, que está brigando pelo G-4 e também está na Copa do Brasil”, diz.

O comandante pontepretano destaca a relevância do resultado. “Temos que ver o lado positivo desse empate: a gente saiu da zona de rebaixamento e fez quatro pontos contra times que postulam o G-4, como Goiás e CRB. E, quando você vê o comportamento, principalmente no primeiro tempo, dá uma expectativa de ver um time mais solto, com setores mais equilibrados para buscar uma vitória fora”, afirma.

Atletas

Questionado pela imprensa sobre o desempenho específico de Vinícius Locatelli no jogo de ongem (o atleta recebeu elogios de comentaristas e repórteres), Kleina comenta o fato. “Eu fico feliz quando um atleta recebe elogios. A gente tentou propor, ser uma equipe com imposição, mas organizada e inteligente. E o Locatelli fez um grande jogo, acima da média, participou muito na parte ofensiva e também pressionando o homem da bola na saída deles”, diz.

Ele responde ainda em relação atletas que não puderam atuar na rodada do final de semana e destaca a volta de Rayan, que foi um verdadeiro leão na defesa no jogo de ontem.  “O Lucas Cândido e Ednei são jogadores que precisam de uma atenção especial, principalmente o Lucas. É melhor, às vezes, resguardá-los para não perder por um tempo maior. Importante, porém,  também salientar que voltou o Rayan, um atleta que ficou muito tempo fora, mas se comportou muito bem. Querendo ou não, a gente ganha jogadores importantes”, afirma.

Ele finaliza comentando a situação de outros dois jogadores. “O Léo Naldi está numa transição muito forte. Acredito que essa semana já vai poder trabalhar com o grupo, assim como o Niltinho, que está se recuperando fisicamente após a Covid, e o atacante Iago, que chegou na  semana passada, também.”

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS