Zagueiro Fábio Sanches diz que vitória na última rodada trouxe “gostinho de quero mais”, mas reforça: “Ainda temos muito a fazer e vamos continuar trabalhando firme para sair da situação em que a gente está”

Foto:PontePress/DiegoAlmeida

Com uma atuação muito elogiada no último jogo da Macaca, o zagueiro Fábio Sanches vem crescendo em campo e tem boas expectativas para a partida de domingo contra o CRB. O defensor conta que a equipe vem treinando com bastante empenho e que o último resultado trouxe um clima positivo nas atividades.

“Claro que é bom trabalhar com vitória e com essa semana cheia para trabalhar o clima fica um pouco melhor. Essa vitória deu um gostinho de ‘quero mais’ e a gente precisava disso, a pressão diminui um pouquinho e pra trabalhar fica melhor, mas ainda temos muito a fazer e vamos continuar trabalhando firme para sair da situação em que a gente está”, enfatiza.

Em relação à boa atuação na rodada passada, Sanches credita o bom desempenho ao trabalho do dia a dia, independentemente de qualquer tipo de “lei do ex” (já que o atleta defendeu o Goiás antes de vir para a Macaca). “A cada jogo que passa, vou ganhando mais ritmo de jogo, melhorando a parte física e técnica, pois estava há um tempo sem jogar. Então, com o passar do tempo vou evoluindo. Claro que jogar contra ex-time pode dar uma motivação a mais, mas o que conta mesmo é essa evolução”, afirma.

Na opinião do jogador, a superação foi a grande marca da equipe na vitória contra o Goiás. “Fizemos um a zero e um minuto depois sofremos o gol. Podíamos nos abalar, nos abater, mas foi o contrário. Estávamos fazendo um bom segundo tempo e sentimos que tínhamos condições de vencer, mesmo contra uma grande equipe, nos superamos e vencemos. Isso serve de lição para levar aos próximos jogos”, pontua.

Quanto à zaga da equipe, o jogador diz que não se considera titular e afirma que não tem preferência em relação a jogar com dois ou três zagueiros. “De jeito nenhum sou titular absoluto, isso é algo que se conquista no dia a dia, nos treinos, e somos um grupo. Há momentos em que vai jogar um ou outro, depende do momento do atleta, e ainda de cansaço, lesão, cartão. Todo mundo tem que estar preparado, eu vou continuar fazendo meu trabalho para estar pronto quando precisarem de mim. Sobre dois ou três zagueiros, são situações de jogo e nós temos que estar preparados e bem adaptados para jogar dos dois jeitos quando o Kleina precisar.”

Torcida e CRB

Fábio Sanches destaca a importância da demonstração dada pela torcida na última rodada.   “Foi muito bom receber esse carinho, até pelo momento difícil que a gente está passando no campeonato, e quando você tem esse apoio da torcida é muito importante. A gente vinha fazendo bons jogos e os resultados não vinham acontecendo, existia uma cobrança interna e da torcida também. A gente queria dar essa vitória para nós e para os torcedores. Então foi um momento no qual pudemos desfrutar e ver o apoio da nossa torcida, e esperamos continuar fazendo isso, com vitórias para que possamos comemorar juntos”, diz.

Neste sentido, o atleta fala sobre a partida de domingo. “Estamos pensando jogo a jogo, o CRB está fazendo um grande campeonato e está no G4, mas até por nossa situação temos que pontuar dentro ou fora de casa, pra subir na tabela. Já mostramos que nosso time tem condições de jogar de igual pra igual com os que estão na parte de cima. Temos que fazer nossa parte, é um confronto difícil, disputado, mas faremos nosso melhor”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS