Kleina quer vencer o Remo neste sábado: “Temos que fazer um jogo inteligente, organizado, e manter a agressividade para sair com a vitória”

Foto:PontePress/DiegoAlmeida

A Ponte Preta fez nesta sexta-feira (16) o último treino antes de enfrentar o Remo, em confronto marcado para às 18h30 de amanhã.  O técnico Gilson Kleina acredita que a equipe pode repetir a boa atuação que teve contra o líder Náutico, na qual só não saiu com a vitória em virtude de erros de arbitragem, para vencer em casa e sair do Z4.

“Temos que ser inteligentes. Não vamos ganhar de qualquer forma, sem organização, até porque mudou a equipe do Remo, que vem com uma outra proposta.  Nesse jogo dentro de casa, a gente tem que fazer um jogo com muita inteligência. Vamos ter que continuar sendo agressivos, tanto com bola e sem bola. É também com as nossas jogadas individuais com os talentos dos nossos atletas. Que eles possam também ser contemplados para gente poder sair com a vitória”, pontua Kleina.

Ele reforça que, ainda mais atuando no Majestoso, a Macaca tem que se impor em campo. “Como treinador tenho todo o respeito para qualquer adversário que vem aqui dentro, mas é  importante a gente vai se impor e ter clareza em como é que vai ser essa imposição. Temos que entrar com uma mentalidade muito forte, buscar realmente a reação para a vitória. Estamos em uma sequência de seis jogos sem perder, mas uma pontuação baixa porque não temos muitas vitórias. A gente precisa buscar resultados para sair primeiro dessa situação incômoda e, depois, poder brigar em outro patamar dentro do campeonato. O mais importante de tudo isso é fazer valer o fator casa mais uma vez e valorizar o que nós fizemos contra o líder, o ponto que nós trouxemos e a atuação desses atletas.”

O treinador enfatiza que espera ver amanhã em campo o mesmo espírito demonstrado pelo elenco contra o Náutico na última rodada. “O mais importante é manter o nosso comportamento e estarmos muito preparados e focados o tempo todo. No início, meio e fim, porque as estratégias durante o jogo estão mudando muito. Sabemos que é um jogo difícil, o Remo vem de uma vitória e trocou de treinador. Tem uma plataforma diferente de jogar agora e já fez uma situação diferente de posicionamento de jogadores. Que a gente possa neutralizar e possa, com uma organização e com tranquilidade, retomar as vitórias: o que eu quero é realmente poder fazer os três pontos, sabendo que a gente vai ter que competir muito por isso”, conclui.

 

 

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS