Gustavo Cipriano fala sobre a experiência na Itália e acredita em crescimento da Macaca na competição

Foto:PontePress/DiegoAlmeida

Recém-chegado à Ponte Preta, o zagueiro Gustavo Cipriano – que nesta quinta (8) participou do jogo-treino vencido por 1 a 0 pelo time profissional –  está feliz em vestir a camisa pontepretana e afirma que está pronto para estrear com ela, assim que o técnico Gilson Kleina optar por ele. Com 15 anos de Santos, onde começou na Base aos cinco, e parte do ano de 2019 passado na Itália (onde defendeu a Lázio por 11 jogos), o atleta quer colocar tudo o que aprendeu em campo pela Ponte,  e destaca a experiência que teve na Europa.

“No ano em que fiquei na Itália aprendi muito, convivi com atletas de alto nível, caras que eu via antes pela TV ou no videogame quando jogava Fifa. Aprendi bastante e chego pra colocar em prática o que absorvi lá fora. Estou muito feliz e chego pronto pra ajudar a equipe, não vejo a hora de entrar em campo e ajudar meus companheiros. Estou certo que nas próximas rodadas deixaremos pra trás a situação incômoda em que estamos, a Ponte é uma equipe grande, tem muita historia e não merece estar onde se encontra”, pontua.

Neste sentido, o jogador afirma que constatou no elenco muito esforço para melhorar  o desempenho da equipe. “Cheguei há sete dias aqui e vi que o pessoal trabalha muito,treina muito e estou certo que logo vai estar fora da situação. O pessoal tem muita entrega e  dedicação todos o dias e senti que o grupo está 100% focado pra sair do Z4, onde nenhum time gosta de estar, e na sequência começar a subir na tabela”, afirma.

Ciprano conclui falando sobre as características dele como zagueiro e fala sobre a disputa pela titularidade na posição. “Corro o tempo inteiro, me entrego, tenho raça, vontade. Tenho um bom passe e falo muito em campo, com quem joga à frente ou do meu lado, tenho essa característica de liderança.  Quanto à disputa pela vaga na defesa, acho que é uma briga muito sadia, faz com eu queira sempre estar acima do nível de ontem, acima do de hoje, fazer mais porque sabe que os outros que estão na posição têm qualidade, tem o que agregar. Ter dois ou três disputando a vaga tira a gente da zona de conforto, acho positivo.”

Jogo-Treino

A Ponte fez no treino desta manhã contra a equipe de Aspirantes e venceu por 1 a 0, com gol de João Veras.  O técnico Gilson Kleina colocou a seguinte equipe em campo: Ivan, Cipriano, Cleylton (Thiago Lopes), Ruan, Jean Carlos (Rafael Santos), Lucas Cândido (Marcos Jr.) Locatelli, Renatinho, Thalles(Fessin), Niltinho (Pedrinho) e Veras (Josiel).

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS