Macaca treina de olho no Vila Nova e Gilson Kleina enfatiza: “Ontem fomos dormir felizes e tranqüilos, hoje já concentração total e fazer ajustes pra continuar evoluindo, porque temos um forte desafio no sábado”

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

Uma longa caminhada começa com o passo inicial, que foi dado ontem pela Macaca com a primeira vitória  na série B do Brasileiro. Porém, o caminho ainda é longo e é preciso manter o ritmo para chegar lá. Por isso mesmo, a Ponte Preta já treinou nesta manhã com foco total no jogo da noite de sábado em Goiânia – para onde o time viaja na tarde de sexta, após o treinamento da manhã.

“Ontem o vestiário foi só alegria e fomos dormir tranqüilos, mas hoje já é concentração total para continuar evoluindo, porque temos um forte desafio no sábado. É claro que fiquei muito feliz com a vitória, pela entrega, pelo espírito e pela organização do time diante do CSA. A gente frisava que estava vendo evolução, mas o resultado não estava vindo, e na tarde de quarta-feira tivemos as duas coisas. Mas vamos continuar com os ajustes e que a gente possa manter a atitude, a mentalidade que tivemos nesta primeira vitória, que foi importante”, diz o técnico Gilson Kleina.

O treinador reitera que o emocional do time foi fundamental ontem, quando, após tomar o gol de empate, o elenco reagiu em poucos minutos e ampliou o placar. “O CSA é um dos bons times na Série B, com muita infiltração e também triangulação. Nossos jogadores tiveram uma aplicação muito importante para o time conquistar a primeira vitória, a gente está fazendo um trabalho interno muito forte. Eu gosto de trabalhar não só dentro de campo, mas a mentalidade dos jogadores também. Quando tomamos o gol, o time já reagiu, o Thalles entrou, mal tocou na bola e kA fizemos o segundo o gol. É uma atitude que a gente precisa enaltecer”, pontua.

Ele acrescenta que, claro, o ideal era que a Macaca não tivesse tomado o empate,mas diante da situação o fato de o time não ter se abatido foi crucial. “Temos de entender que não tomar o gol é melhor, mas infelizmente erramos na saída de bola e aconteceu, aí fomos lá e ampliamos. O emocional tem que ser trabalhado o tempo todo, a mentalidade e a confiança são importantes, ainda mais numa pandemia como estamos convivendo, e com treinos escassos. E esse discurso que sempre faço de otimismo é embasado pelo trabalho forte que todos estão fazendo e pela convicção neste trabalho”, diz.

GK finaliza falando da necessidade de manter o empenho nas próximas rodadas. “É importante enaltecer a força do elenco, ontem todas as substituições, além de manter a competitividade, aumentaram a concentração. Mas seguimos com os pés no chão, o campeonato é difícil e equilibrado, cada jogo é uma situação que tem de estudar, posicionar, mas não deixar de fazer o futebol que a gente está buscando, ter identidade dentro e fora de casa. Que a gente possa só evoluir a partir de agora e fazer uma boa sequência neste sábado”, conclui.

 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS