Regularizado no BID, zagueiro Cleylton vive expectativa de estrear pela Macaca

Foto:PontePress/ThiagoToledo

Já regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, o zagueiro Cleylton está à disposição do técnico Gilson Kleina e vive a expectativa de estrear pela Macaca. “Vamos lutar muito para alcançar nossos objetivos. Minhas características, até por conta do futebol internacional, são de um zagueiro com um pouco mais de qualidade com bola no pé, para sair jogando, e de fazer bons lançamentos. Além disso, minha estatura me auxilia nas bolas aéreas, inclusive na área do adversário”, pontua o defensor de 1m90.

O jogador, que estava atuando no Oriente Médio até o último dia 18 de maio, conta que não pensou duas vezes quando foi convidado a vestir a camisa pontepretana. “A Ponte é um time muito forte, está entre os melhores do Brasil. Não estamos atravessando um momento tão bom, mas esperamos mudar o quanto antes. Assinar com a Ponte foi fácil justamente por essa camisa de peso”, diz.

Ele acrescenta, desde que surgiu a chance de vir para Campinas, já passou a acompanhar os jogos alvinegros. “Quando tivemos a primeira conversa na série B, passei a acompanhar, apesar do horário de fora do Brasil não ajudar tanto. Já de volta aqui passei a ver mais de perto. No meio do futebol sabemos que a Ponte é um clube grande e estou certo de que está começando a fazer um ótimo trabalho, vamos trabalhar forte para isso”, afirma.

Cleylton diz que não enxerga o fato de ter jogado fora do país como uma dificuldade. “É claro que exige um pouco mais pela readaptação, mas estou no futebol há muitos anos e não levo isso como dificuldade e sim como incentivo: tenho que trabalhar o quanto antes, e forte, para superar as adversidades”, explica.

Questionado sobre o trabalho com Tiago Nunes, atual treinador do Grêmio-RS,  no começo da carreira, o defensor é só elogios. “Ele foi um dos meus melhores treinadores, foi por meio dele que eu comecei a trabalhar a situação do futebol moderno. Hoje sabemos que zagueiros têm que ter um pouco mais de qualidade com a bola no pé, além da marcação firme. Ele me agregou isso e sou muito grato a ele”, conta.

Por fim, o atleta fala um pouco sobre o fato de sistemas defensivos costumarem a ser os mais criticados quando uma equipe não está bem. “Críticas sempre existirão, ainda mais para um setor fundamental como o defensivo. Mas sabemos que quem critica hoje pode nos elogiar no próximo. Temos que saber trabalhar para isso”, conclui.

Léo Naldi

O Departamento Médico da Ponte Preta informa que o atleta Léo Naldi irá passar por uma artroscopia no joelho direito. Após o jogo contra o Sampaio Corrêa, na última sexta-feira, o jogador alegou dores.  Ele foi submetido a exames e, diagnosticada a lesão, será agendada intervenção. “Normalmente este tipo de lesão não é tão complexo, em geral dentro de 30 dias ele estará liberado para voltar aos treinos”, diz o médico Felipe Abreu, coordenador do DM.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS