O sangue alvinegro também é vermelho: Gorila alegra corredores do Hemocentro e incentiva a doação; torcida alvinegra, vamos colaborar!

Fotos:PontePress/DiegoAlmeida

Doar sangue é uma atitude muito importante para salvar vidas e todos podem ajudar! Para incentivar as pessoas a colaborarem nesta ação fundamental, o Gorila que anima as partidas da Macaca deixou as dependências do Majestoso nesta manhã de quarta-feira (9) e foi incentivar o espírito de solidariedade para a doação, conscientizando a população de que é um ato que salva-vidas. Durante mais de uma hora, o mascote percorreu corredores e alas do Hemocentro da Unicamp, em Campinas, levando alegria a doadores, pacientes e profissionais da saúde.

De acordo com o Hemocentro, durante o mês de junho as doações voluntárias costumam apresentar uma defasagem devido ao início do inverno. Por isso, desde 2011 é realizada a campanha Junho Vermelho, que tem como objetivo chamar a atenção de doadores e buscar manter os estoques de sangue e hemocomponentes estáveis.

Esse ano, porém, com a pandemia de Covid-19 a campanha é ainda mais desafiadora, pois os números estão mais baixos devido ao receio das pessoas em se contaminarem com o vírus. Contudo, o Hemocentro garante que todo o procedimento de doação é realizado com a máxima segurança e não há riscos de contrair o vírus.

“Eu peço, por tudo o que é mais sagrado: doem sangue, porque salva vidas. Eu estou no Hemocentro há três anos, venho a cada 15 dias e, se não fossem estas doações, não estaria viva. Então, podendo, doem, de coração”, disse, emocionada, a paciente e técnica de enfermagem Ana Cláudia da Silva, de 38 anos. “É muito importante doar porque a gente dá oportunidade para as pessoas que necessitam. E encontrar o Gorila da Ponte Preta foi muito legal”, diz dona de casa Lismaete Santos, de 49 anos.

 

O Hemocentro ressalta que a reposição frequente dos estoques é necessária para o tratamento de anemias crônicas, procedimentos de urgência, acidentes que causam hemorragias, complicações da dengue, febre amarela, tratamento de câncer e outras doenças graves. O procedimento é seguro e há milhares de pacientes que necessitam deste ato de amor.

Como doar

Para doar, o voluntário precisa ter entre 16 e 69 anos de idade, estar bem de saúde, pesar no mínimo 50 kg e apresentar documento de identidade. Os menores de idade precisam estar acompanhados de um responsável legal.

O Hemocentro da Unicamp fica localizado na Rua Carlos Chagas, número 480, Cidade Universitária “Zeferino Vaz”, no distrito de Barão Geraldo, em Campinas-SP. Outras opções de local para doação são os postos do Hospital Municipal Dr. Mário Gatti e Hospital Estadual de Sumaré, além do Hemonúcleo de Piracicaba, localizado na Rua Silva Jardim, 1700 (antigo prédio do ‘Saúde Inteligente’, dentro do complexo da Santa Casa).

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS