Meninas da Macaca empatam, mantêm série invicta e vão em busca de vitória contra o Vasco, no próximo domingo (6)

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

As Meninas da Macaca empataram em 1 a 1 com o  América-MG, na tarde deste domingo (30), no Estádio Décio Vitta, em Americana. Em um jogo emocionate, o placar foi decidido nos acréscimos. Leka, do América, cruzou da esquerda e – na tentativa de tirar a bola – a pontepretana Giovana da Macaca acabou marcando contra, de cabeça. Mas, dois minutos depois, aos 49, Bruna fez lançamento na grande área e Maynara, de primeira, bateu firme por cima da goleira Deka para balançar as redes e deixar tudo igual.

“Foi muita emoção marcar no minuto final. A gente queria a vitória, mas o empate foi bom. Vamos brigar pelos próximos três pontos contra o Vasco. E dedico este gol a minha mãe Lourdes, que faleceu há dois anos”, diz a atacante Maynara.

Com o resultado de hoje, a Ponte mantém a invencibilidade e permanece na quarta posição do grupo F, com três pontos. Já o América, que está com um ponto a mais que a Macaca, perdeu a vice-liderança para o Athlético Paranaense, que chegou aos seis. Ao todo, 36 times disputam o Brasileiro A2 e se enfrentam na primeira fase em turno único, dentro de cada uma das seis chaves. Classificam-se para a etapa posterior os dois primeiros colocados de cada chave e os quatro melhores terceiros colocados.

A Ponte Preta volta a campo no próximo domingo (6), às 15 horas, para enfrentar o Vasco (líder da chave, com 9 pontos),  pela 4ª rodada do Brasileiro Feminino A2, no Estádio Nivaldo Pereira, em Nova Iguaçu-RJ.  Curiosamente, o time profissional masculino também enfrenta o Vasco no mesmo dia, no Majestoso, pela série B do Brasileiro 2021.

O jogo

O jogo começou disputado com a Ponte Preta buscando espaços no campo para chegar ao ataque. Aos seis minutos, em jogada ensaiada, após cobrança de falta, Camila cobrou e Letícia, com precisão, colocou a bola na grande área, mas a defesa antecipou e fez o corte.

Aos nove, Camila – em nova cobrança de falta – mandou direto na área, houve bate e rebate e a goleira adversária fez a defesa. Aos 16, Mary lançou Tayane da intermediária esquerda e a atacante ganhou na velocidade, mas a goleira Deka saiu e fez a defesa.  Na sequência, aos 17, as adversárias responderam:  a atacante Dilene limpou da goleira Vitória e chutou rente à trave esquerda, e a bola foi para fora.

Já nos 26, Camila lançou Lili que invadiu a grande área pela esquerda, limpou da defesa e bateu firme. A goleira Deka espalmou para escanteio. Aos 40, Maria, em velocidade, avançou pela esquerda da intermédia e lançou Tayane, mas a defesa fez a interceptação do ataque.

Aos 43, as adversárias tiveram uma falta a favor próxima da grande área que foi cobrada na primeira trave, Thaís mergulhou e de cabeça fez o corte. E, pontualmente aos 45, o juiz apitou e encerrou a primeira etapa.

A segunda metade começou com uma substituição, o técnico Paulo César Stenico retirou a meia Mary para entrada da atacante Vanessa. Aos seis, Mayara sofreu falta na intermediária e Camila cobrou dentro da área para Tayane, que acabou desarmada na tentativa do passe. A resposta veio com a atacante Serrana, que em velocidade avançou a grande área e finalizou para fora.

Aos 15, o técnico PC fez três substituições, entraram: Maynara, Cristiellen e Bruninha. Saíram: Thaís, Tayane e Lili. O jogo seguia equilibrado, com disputa de todos os lances e excesso de faltas. Aos 32, Laisla aproveitou a esquerda livre e desceu em velocidade, cruzou na área para Mayara que acabou travada na hora da finalização.

Cinco minutos depois, Laisla sentiu dor ao disputar a bola com a adversária e foi substituída por Giovana. Aos 44, Camila cobrou na área para Cristiellen, mas a goleira Deka saiu e fez a defesa. Nos acréscimos, após cruzamento na grande área, Giovana tentou tirar a bola e acabou fazendo contra de cabeça. Mas aos 49, Maynara, de dentro da área num chute preciso, deixou o placar igual novamente. E Fim de jogo, 1 a 1 no Estádio Décio Vitta, em Americana.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS