Macaca entra em campo na noite desta quinta (13) e só a vitória interessa para seguir na luta pelo Troféu do Interior

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

A Ponte Preta entra em campo às 21 horas desta quinta-feira (13), no Majestoso, para enfrentar o Botafogo-SP em partida válida pelo Troféu do Interior do Campeonato Paulista. A partida é única e segue em frente quem vencer, no tempo regulamentar ou nos pênalti. Ou seja, só a vitória interessa para a Macaca logo mais.  

O título do Interior traz consigo uma premiação de cerca de R$ 250 mil e uma vaga na Copa do Brasil. “Queremos o título por tudo isso e porque também vamos ganhar moral para entrar na série B forte, valorizar nosso trabalho e nossos profissionais. Então nesta noite vamos entrar muito focados, para conquistar a classificação para a semifinal e assim por diante, lutando em cada jogo por mais uma vitória”, destaca o capitão Camilo.

O meia pontepretano ressalta que o elenco não pensa em “poupar” atletas para que tenham um tempo maior de descanso antes do Brasileiro. “Queremos e precisamos jogar, manter ritmo de jogo, fazendo sempre o nosso melhor, e a comissão sabe o que é melhor pros atletas”, confia. Neste sentido,o técnico Fábio Moreno não tem desfalques para logo mais e deve entrar com força máxima em campo.

O atacante João Veras, inclusive, treinou durante a semana com o grupo e pode ser opção. Também foram inscritos para a competição o atacante João Victor e o goleiro Ivan – o arqueiro, porém, está iniciando os treinamentos com grupo e provavelmente só estará à disposição para jogar a partir da próxima fase, em a Macaca confirmando a vitória logo mais.

A partida desta noite tem transmissão televisiva da SporTV, relato dos principais lances no twitter oficial da Ponte Preta e cobertura das rádios FM 99,1 e AMs 870, 1170 e 1270.

Brasileiro

 Questionado pela imprensa em relação ao Brasileiro, o meia Camilo enfatiza que o foco agora é o Troféu do Interior, porém não se esquiva em dizer quais qualidades a equipe precisará ter na competição nacional. “O principal é que teremos de ter regularidade em casa. E, como o Fábio Moreno colocou, temos que ter mais resiliência quando saímos atrás, fazer um trabalho mental, nos fortalecer dentro do campo. Quando tomamos gol, o abalo tem que ser mínimo, pra nos focarmos em empatar e virar”, afirma.

O camisa 10 finaliza dizendo que está confiante em um bom desempenho na série B.  “Estamos nos ajustando e hoje somos muito mais maduros,a te pela coluna dorsal do time, que foi mantida.  Então vamos entrar forte e espero fazer uma boa competição e conquistar o acesso para a série A.”

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS