Banzai ! Com aprendizado de disciplina e paciência no futebol do Japão, Renan Mota acredita em vitória nesta quinta (4) e quer fazer história na Macaca

Foto: PontePress/DiegoAlmeida

Repatriado pela Macaca após uma temporada no Japão – onde defendeu desde 2019 o Kyoto Sanga na J League – o meio-campista Renan Mota quer usar o talento que já tinha e tudo o que aprendeu no Oriente para fazer uma ótima passagem na Ponte Preta. “O futebol japonês é bem dinâmico, rápido, eles focam no Europeu. Aprendi muito dentro e fora do campo: a questão da disciplina, por exemplo, eles são muito disciplinados e também pacientes, sabem esperar pelo momento certo”, pontua o jogador.

E o momento certo para Renan Mota é o agora. “Quando cheguei no Japão, em 2019, passei seis meses sozinho, não joguei tanto quanto queria e a surgiu a possibilidade de vir para a Ponte naquela época. Cogitei voltar, mas não era hora. O momento certo é agora. Hoje é o futuro que importa, estou com a cabeça focada na Ponte, uma camisa de peso que tenho a honra de poder vestir. Quero subir com a Ponte, ser um ídolo, conquistar um grande título, meu intuito é fazer história na Ponte Preta”, afirma.

No que depender do jogador, que já está à disposição do técnico Fábio Moreno, as primeiras linhas desta história podem ser escritas amanhã. “Nossa expectativa para o confronto contra o Santo André é grande, a gente vem treinando forte. Tivemos uma estreia dura contra o Novo Horizontino, na qual conquistamos um empate, mas queríamos vencer. Amanhã espero que a gente saía com a vitória e que eu possa atuar, fazer gol , dar assistência”, diz.

Por sinal, o jogador adianta que tem versatilidade de atuação em campo, à disposição do treinador. “No Figueirense, antes de ir para o Japão, eu já jogava pela ponta, caia pelo meio e depois volante. No Japão comecei como primeiro volante, onde tinha que marcar, aprendi muito nisso. Então posso jogar no meio, na ponta, como volante, onde o professor Fábio quiser e eu poder ajudar o time. Menos como goleiro, porque não tenho a altura para isso”, brinca o atleta de 1m63.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS