Moreno destaca: “Enquanto tiver tempo, espaço, pontuação , percentual a ser disputado, vamos continuar buscando o acesso”

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

O técnico Fábio Moreno comandou na manhã deste domingo o último treino antes de a Ponte Preta enfrentar o Cuiabá, em partida marcada para às 17h30 de segunda-feira (11). O técnico Fábio Moreno enfatiza que o elenco alvinegro está focado em vencer o embate no Majestoso e continuar lutando pela conquista da vaga na série A do Campeonato Brasileiro.

“A gente entende que precisa melhorar, somar cada vez mais pontos porque temos como base uma pontuação para conquistar o acesso e esse é nosso objetivo. Fizemos tudo pra isso nesta temporada e seria frustrante não conseguir, então enquanto tiver tempo, espaço, pontuação , percentual a ser disputado, vamos continuar buscando”, destaca.

Ele acrescenta, contudo, que  o time não deve ficar de olho na tabela e, sim, no campo. “Só procuro focar no próximo jogo, passo a passo, sem adiantar muito. Porque não chega aos 62 sem primeiro fazer os 50, que é o que estamos disputando agora. Então primeiro buscamos os 50, pra depois chegar nos 62, que é o número que buscamos para subir”, diz.

O treinador acrescenta que o foco amanhã tem de ser total, pois o adversário é difícil e está em terceiro lugar, ou seja, vencer significa tanto reduzir a distância ao G4 quanto segurar um concorrente direto. “O Cuiabá mostra ser equipe de muita qualidade e um adversário perigoso, principalmente quando joga na casa dele, o time é primeiro colocado em aproveitamento se contar só os jogos como mandante. Nós precisamos melhorar nossos números em casa e temos oportunidade para isso no Majestoso nesta segunda”, acredita.

Apesar de contar com todo elenco para amanhã (a exceção do goleiro Ivan, que se recupera de cirurgia), Moreno finaliza falando de uma ausência sentida. “Essa série B está sendo muito diferente para Ponte porque não contamos com força da torcida. Sempre fomos temidos no Majestoso em especial por causa dessa força , nosso torcedor aqui nos apóia o tempo todo. Infelizmente a pandemia nos tirou o décimo-segundo jogador e ele está nos fazendo falta. Mas estamos muito focados e vamos buscar esses pontos no Majestoso”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS