Marcelo Oliveira fala sobre duelo com o Paraná: “Série B vai ser assim sempre, com muita luta e competitividade, vamos usar a vitória conquistada como uma confiança a mais para a continuidade do campeonato”

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

O elenco da Ponte Preta segue treinando neste final de semana para, na tarde de segunda-feira (7), seguir para Ribeirão Preto –  onde enfrentará o Botafogo na noite de terça. O técnico Marcelo Oliveira acredita que a vitória contra o Paraná deixa os atletas em um clima positivo para o próximo desafio que, assim como o confronto de ontem no Majestoso, não será fácil. “Série B vai ser assim sempre, com muita luta e competitividade. Vamos usar a vitória conquistada contra o Paraná como uma confiança a mais para a continuidade do campeonato”, diz.

O treinador ressalta que a equipe alvinegra teve qualidades durante o último jogo.  “Ainda tivemos comportamentos distintos nos dois tempos, mas foi mais equilibrado. Se o Paraná não fizesse gol no rebote da bola parada, vindo de uma falta que não existiu, teríamos controle total e poderíamos ter resolvido sem drama no final. Mas estamos começando a ter cara melhor de time, uma marcação coletiva, começando a encaixar melhor no ataque e em isso acontecendo a gente vai conquistar vitórias com maior tranquilidade”, pontua.

O treinador fala um pouco mais sobre a partida. “Tínhamos a sensação de domínio, o adversário não chegava, mas no primeiro tempo faltou um pouco de inspiração técnica para fazer o segundo gol e matar o jogo.  Precisamos sempre ter em mente que, quando fazemos o primeiro gol, temos que seguir forçando pra fazer o segundo e matar a partida”, diz.

Ele acrescenta que, em virtude da proximidade entre a vitória de  ontem e o empate na rodada anterior, a equipe praticamente não treinou. “Foi mais trabalho de bola parada, de cobrança de falta, porque os jogos estão muito próximos. Procuramos usar o empate contra o Sampaio Corrêa como referência, vendo o que fizemos de bom e cobrando para não ocorrerem os erros que apresentamos ali, as eventuais faltas de atenção”, conta.

O treinador finaliza falando que, ontem, o mais importante foi a conquista dos três pontos. “É um campeonato muito físico e o Paraná, que não vinha de bons resultados, se fecha bem. Claro que nossa meta é apresentar um bom futebol, porque jogando bem estamos sempre mais próximos de vencer, mas a vitória ontem foi  importante, pois em outras paetidas temos jogado bem e não conseguido três pontos”, conclui.

 

 

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS