Fruto de muito trabalho: Pato revela que fica após os treinos praticando finalizações e dedica primeiro gol como profissional à mãe, que luta contra o câncer

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

O atacante Guilherme Pato marcou o primeiro gol como jogador profissional na vitória da Ponte Preta contra o Figueirense, na segunda-feira (2), em um momento que será inesquecível para ele. “É uma sensação inexplicável, estava trabalhando demais, ansioso demais por esse momento. Eu ficava após os treinos treinando finalização e graças a Deus esse gol veio, e no momento certo”, diz.

Assim que balançou as redes, o atleta de 19 anos ajoelhou no gramado e, diante da câmera de TV que transmitiu a partida, mandou um beijo pra lá de especial à mãe, Janete. “Dedico esse gol a minha mãe, que está passando por um momento difícil devido a um câncer no seio, mas sei que ela é guerreira e vai vencer essa batalha”, conta.

Pato analisa um pouco mais a partida. “A gente começou bem na partida e acabou tomando um gol, isso mexeu bastante conosco, mas graças a Deus conseguimos acertar o time no segundo tempo e conquistamos o resultado. Foi uma vitória importante, o grupo está de parabéns pela dedicação e agradeço à Ponte por me proporcionar esse momento”, afirma.

Ele finaliza dizendo o que a torcida pode esperar da equipe para o segundo turno da série B. “Podem esperar muita doação nossa em campo, o grupo está em busca de um só objetivo, que é subir pra série A e todo mundo quer isso. Nesta próxima rodada temos um grande desafio, sabemos que o América-MG é uma grande equipe, vamos trabalhar forte pra chegar firme no sábado”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS