Noite de Macaca! No duelo do melhor ataque contra a melhor defesa, Ponte enfrenta a Chape e quer nova vitória para dormir na vice-liderança da série B

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

De um lado, o melhor ataque da competição, com 23 gols anotados. De outro, a melhor defesa, com apenas cinco gols tomados. Como se estes dois ingredientes já não fossem suficientes para prenunciar um grande jogo, o embate entre Ponte Preta e Chapecoense às 21h30 de hoje, no Majestoso, é um clássico jogo de seis pontos. A Macaca tem 27 pontos e, se vencer, chega aos mesmos 30 da Chapecoense – que tem um jogo a menos – e, como terá mais vitórias, dormirá na vice-liderança.

“É um jogo duro contra um concorrente direto e é importante pontuar bem em casa num campeonato de pontos corridos. A Chapecoense se fecha muito e recompõe rapidamente, opta por não apertar na frente, mas espera numa faixa intermediária para sair no contra-ataque, e usa muito o erro do adversário. É um time que toma poucos gols, mas faz pouco também. Temos que ter paciência, rodar rapidamente a bola de um lado para o outro para quebrar as linhas com jogadas individuais para vencer”, diz o técnico pontepretano Marcelo Oliveira.

O treinador não antecipa a equipe para o jogo de logo mais. É certo que não poderá contar com o atacante Matheus Peixoto, suspenso pelo terceiro amarelo, e com Wellington Carvalho e Luís Oyama, ainda no DM. Por outro lado, o meia Camilo já antecipou durante a semana que está pronto para atuar os 90 minutos caso o treinador queira utilizá-lo e três dos atletas recém-chegados já tiveram os nomes publicados no BID e podem ser utilizados: o zagueiro Ruan Renato e os atacantes Wanderley e Tiago Orobó.

Além disso, Ernandes e Bruno Rodrigues voltaram a treinar com a equipe e também serão opção. “Estou com a expectativa de dar continuidade no trabalho que vinha sendo feito, dando meu melhor em campo. Vamos enfrentar uma boa equipe, que tem um elenco qualificado, mas me sinto bem para voltar e fazer o possível para ajudar o time a conquistar os três pontos em casa nesse confronto direto. Espero retornar ainda melhor para mantermos o bom desempenho e seguir em busca do nosso objetivo”, destaca o atacante.

Rodrigues, assim como os demais atletas no elenco, estão confiantes em uma vitória nesta noite. Se isso ocorrer, além de subir na tabela, a Ponte mantém ou aumentam a diferença  para o quinto colocado, que neste início da 17ª rodada hoje é de três pontos. Na hipótese de um resultado adverso, porém,  a Macaca ainda assim terminará a rodada no G4. Contudo, o foco é total na conquista de um placar positivo logo mais.

 O jogo desta noite tem TV apenas via pay-per-view/Premierè, mas conta com a cobertura nas rádios da cidade que acompanham o Brasileiro, em AM 870, 1170e 1240, e FM 99,1. Também transmitem o confronto, via Internet, as webrádios que cobrem o dia a dia da Macaca.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS