Entre os quatro primeiros da série B, Macaca viaja a Recife com Rayan entre os relacionados: “Estou muito feliz em estar de volta para ajudar nosso grupo na caminhada ao acesso”

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

No quarto lugar da série B após a conclusão da 15ª rodada (a Macaca inicia a 16ª na quarta posição da tabela), a Ponte Preta viaja na tarde deste domingo para Recife, onde irá enfrentar o Náutico às 20 horas deste feriado de segunda-feira, 12 de outubro. E, entre os atletas que embarcam para a capital pernambucana, uma boa novidade: após dois meses fora do grupo se recuperando após uma fratura de mandíbula, o zagueiro Rayan está entre os relacionados.

“Estou feliz demais. É a segunda vez que passo por essa situação, desta fiquei dois meses fora e estou muito contente em estar de volta com o grupo, para ajudar nessa caminhada rumo ao acesso e mirando o titulo do campeonato”, diz o defensor alvinegro. O atleta sofreu a lesão da qual acaba de se recuperar em agosto, após um choque de cabeça no empate com o Vitória. A fratura anterior a qual se refere Rayan havia ocorrido em fevereiro, quando ele ainda jogava pela Ferroviária.

“Foi muito difícil ficar vendo de casa os jogos da Ponte, a gente fica bem mais nervoso do que se estivesse em campo. Graças a Deus acabou isso e agora vou poder ajudar meus companheiros no gramado”, comemora. O jogador conta que, apesar de só agora ter ficado à disposição, vinha mantendo os trabalhos físicos desde que os médicos o liberaram.

“Fiquei quinze dias totalmente parado por causa de calcificação do osso, mas depois disso eu estava todo esse tempo correndo pra caramba. O Guiga (Gomes) e o Juvenilson passaram um monte de trabalhos físicos pra mim”, conta, se referindo aos preparadores físicos alvinegros, e conclui: “Na última segunda-feira eu voltei a trabalhar com bola e o professor optou por me levar para o confronto contra o Náutico, estou muito grato por isso.”

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS