Dérbi 197: com gols de Dawhan e Luizão, Ponte vence o rival por 2 a 0 e volta ao G4 do Brasileiro

 

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

Com gols de Dawhan e Luizão, a Ponte Preta venceu o dérbi 197 por 2 a 0 e voltou ao G4 do Brasileiro. Com 24 pontos, a Macaca – comandada interinamente por Fábio Moreno na noite de hoje – agora é a terceira colocada do Brasileiro da série B e manteve o rival na vice-lanterna da competição.

A Ponte Preta volta a campo na próxima sexta-feira à noite, contra o líder Cuiabá, na casa adversária – o jogo marcará a estreia de Marcelo Oliveira como treinador da Macaca.

O jogo

A Ponte teve o primeiro lance de ataque n minuto inicial, Ponte tenta a primeira jogada com Bruno Rodrigues pela esquerda, mas toque de cabeça sai muito forte e vai pela linha de fundo. Aos três, quase o primeiro gol da Macaca. Moisés tomou a bola dentro da área do rival, cortou o jogador adversário e bateu na saída do goleiro oponente, que fez milagre.

Aos 20, bom lance de Bruno Rodrigues, no qual a bola acabou sobrando na área paraApodi. O lateral matou no peito, mas foi desarmado antes de concluir. Aos 28, bom lance de ataque de Bruno Rodrigues, que terminou em escanteio. João Paulo cobrou no gol, mas o arqueiro oponente espalmou.

Pouco depois, Dawhan pegou a bola de frente para o gol e chutou forte, com o goleiro oponente defendendo e mandando para escanteio. Lazaroni, que havia acabado de entrar no lugar do lesionado Ernandes, cobrou com perfeição e Dawhan deu cabeceada certeira aos 35, balançando as redes. 1 a 0 pra Macaca.

Aos 41, por pouco não sai o segundo. João Paulo recebeu de Bruno Rodrigues dentro da área e rolou para trás. Moisés chegou junto com a zaga e conseguiu tocar na bola, mas ela saiu para linha de fundo. Aos 47, o juiz apitou o fim do primeiro tempo.

Na etapa complementar a Macaca saiu indo pra cima e antes mesmo do minuto inicial Moisés foi derrubado perto da área. Lazaroni cobrou, mas a bola saiu por cima do gol. Aos quatro,  Moisés encurralou o zagueiro adversário na saída de bola, ele tenta uma bicicleta e deu lateral pra Macaca. Na sequência, Apodi chegou à linha de fundo e o defensor oponente se esticou todo para cortar.

Aos 12, quase saiu o segundo. Matheus Peixoto passou para Moisés, que foi travado do chute. Aos 15, Moisés arrancou pelo meio e mandou de longe, mas o goleiro adversário defendeu. Aos 22, a Macaca ampliou: Lazaroni cobrou escanteio e Kuizão dividiu no alto com o goleiro oponente e mandou para as redes. 2 a 0.

Aos 24, defesa espetacular de Ivan em cabeceada do adversário, evitando gol oponente. Aos 29, Moisés quase fez o terceiro, chutando para o gol com o goleiro adversário espalmando em cima. A Ponte Preta seguiu dominando e controlando o jogo, sem dar nenhuma chance pro adversário. Aos 49, o juiz apitou o fim do segundo tempo: Ponte Preta 2 a 0, de volta ao G4 e vencedora de mais um dérbi.
 

Ficha do jogo   

Ponte Preta : Ivan, Apodi, Alisson, Luizão e Ernandes; Dawhan, Neto Moura (Oyama) e João Paulo; Moisés, Matheus Peixoto (Guilherme Pato) e Bruno Rodrigues. Técnico: Brigatti

Guarani:  Gabriel, Cristovam (Pablo), Wálber, Didi e Bidu; Deivid (Alemão), Arthur Rezende (Lucas Abreu), Murilo Rangel (Júnior Todinho) e Lucas Crispim; Waguininho e Giovanny (Renanzinho). Técnico: Ricardo Catalá.

Gols:  Dawhan, aos 35 do primeiro tempo; Luizão aos 22 do segundo

Arbitragem: Raphael Claus foi o juiz, com Alex Ang Ribeiro e Daniel Luis Marques como assistentes. O quarto árbitro foi Thiago Luis Scarascati.

Cartões amarelos: Wálber, Bidu (GFC), Matheus Peixoto, Neto Moura (Ponte)

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS