É hoje! Ponte define seu futuro no Paulistão às 16 horas, contra o Mirassol

Foto:PontePress/LuizGuilhermeMartins

É tudo ou nada. A Ponte Preta entra em campo neste domingo para decidir o futuro da equipe no Campeonato Paulista em partida contra o Mirassol. Assim como os demais jogos desta última rodada da primeira fase do Paulistão, a partida começa às 16 horas e a Macaca entra em campo para conquistar mais três pontos.  “Tenho certeza que teremos a mesma atitude do jogo passado. Contamos com o apoio da nossa torcida, nos mandando boas vibrações de casa, e sabemos que é um confronto difícil, mas temos condições de buscar o resultado e sair da situação em que nos encontramos”, diz o técnico João Brigatti.

A Ponte Preta está na penúltima colocação do Paulista e dependendo dos resultados desta tarde, pode tanto se classificar para a próxima fase quanto encerrar sua participação logo mais se mantendo na A1 ou ainda, na pior das hipóteses, aquela que os atletas combaterão com todas as suas forças, ser rebaixada.

A Macaca entra em campo logo mais com dez pontos, mesma pontuação do Oeste. Também na parte debaixo da tabela estão Água Santa (11), Ituano (11), Botafogo-SP (11) e Ferroviária (12), sendo que tanto Oeste quanto Água Santa estão no mesmo grupo da Ponte. A matemática, então, é a seguinte:

– Se vencer, a Macaca chega a 13 pontos e permanece na A1 desde que pelo menos uma equipe entre Água Santa, Ituano, Botafogo-SP e Ferroviária não vença. Se, porém, se a Ponte vencer e o Água Santa – em específico –  empatar ou perder para o Palmeiras, então a Macaca não só permanece na A1 como segue para a fase seguinte;

– Se empatar, a Ponte chega a 11 pontos e precisa que pelo menos um entre Água Santa, Ituano e Botafogo-SP, com 11, não pontue (pois o time do técnico Brigatti neste caso leva vantagem nos critérios de desempate com qualquer um deles, seja por número de vitórias ou saldo) – e que o Oeste não vença o Corinthians. O empate também pode classificar a Macaca para a próxima fase, desde que o Oeste não vença o Corinthians e o Água Santa seja derrotado pelo Palmeiras (pois neste caso Ponte e Água ficariam com a mesma pontuação, mas o time alvinegro levaria vantagem no número de vitórias: 3 a 2).

A Ponte não pode apenas, de jeito algum, perder a partida, pois neste caso o rebaixamento é certo. O elenco, contudo, não pensa nessa hipótese nem mesmo está focado em fazer cálculos. A meta é uma só: vencer a todo custo. “Temos que ralar a bunda no chão, suar sangue, fazer de tudo para vencer. Sabemos que o Mirassol também vai estar atrás de um bom resultado, mas temos que estar concentrados e dar tudo de nós para conquistarmos nossos três pontos e nos mantermos na série A. O resto é conseqüência”, enfatiza Brigatti.

Para o confronto de hoje o treinador não pode contar com o atacante Roger nem com o zagueiro Trevisan, ambos  em virtude de terceiro cartão amarelo. Por outro lado, o defensor Alisson está de volta ao time, depois de cumprir suspensão, e está à disposição do treinador. O jogo terá transmissão por pay-perview, SporTV3 e cobertura das rádios esportivas de Campinas.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS