Tudo pela vitória: Ponte Preta enfrenta Novorizontino na noite desta quarta (22), na retomada da 1ª fase do Paulistão

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

Vencer. Essa é palavra de ordem da Ponte Preta para a noite desta quarta-feira (22), quando enfrentará o Novorizontino em partida marcada para às 19h15, na Arena Barueri. Na última colocação da chave e do Campeonato Paulista, com sete pontos, a Macaca sabe que precisa superar o adversário de hoje e o Mirassol, no próximo domingo, para se manter com as próprias pernas na série A do Paulista – e possivelmente conquistar uma vaga na próxima fase.

“Por causa da parada da pandemia, tivemos apenas 12 dias de treinamento com bola, mas isso serve como justificativa para nada, não podemos nos apegar em cima disso, até porque os times de certa forma entram em campo agora nivelados neste sentido. Nos encontramos em um momento delicado e é uma partida dificílima, contra um time que ainda não perdeu na competição. Então temos que ter superação, manter a cabeça voltada para isso: vamos com tudo o que temos em busca do resultado que tanto necessitamos”, diz o técnico João Brigatti.

O treinador afirma que a equipe vai para campo com outro astral após a paralisação. “Todos estamos muito felizes em voltar ao trabalho e vamos com uma força mental,um emocional diferente, temos condições de vencer. A vinda dos atletas que contratamos neste período, mesmo aqueles que não podem jogar neste momento, também trouxe outro clima para o elenco, sabemos que vamos ter um time forte no Brasileiro e, mesmo que eles não entrem em campo agora, a alegria e união que surgiu neste período vai ser transposta para o campo e nos ajudar a vencer”, acredita.

Brigatti reforça que quer um time bastante equilibrado e com velocidade, em especial no contrataque. “Sabemos que o time deles é veloz em transições, temos que nos precaver, mas nós vamos precisar jogar quando estivermos com a bola nos pés, propor nosso jogo, sempre buscando ataque, até porque precisamos vencer. Acredito que levando para dentro de campo mais tranqüilidade e confiança que adquirimos neste período de parada vamos ter uma apresentação muito melhor e chegarmos à vitória.”

Na partida de hoje, o treinador não poderá contar com o zagueiro Alison e o atacante Roger, ambos suspensos por cartão.  “Vamos buscar um equilíbrio nos setores. No caso da ausência de Roger temos opções com dois centroavantes de área, Safira e Veras, temos o Moisés – que acabou de chegar –  e o Bruno Rodrigues pelos lados,o  Papa no lado direito. Procurei buscar os atletas com melhor condicionamento físico para formatar a equipe, sem perder a qualidade”, diz Brigatti.

Além dos dois, o técnico também não pode contar com o zagueiro Cléber – que não estava atuando como titular – e com o recém-chegado Osman. O defensor sentiu desconforto no posterior da coxa durante os treinamentos e está fora desse jogo, mas já está fazendo trabalho de transição e há possibilidade de ficar à disposição contra o Mirassol. Já Osman trabalha na recuperação física plena, uma vez que passou por cirurgia antes de vir para a Ponte, e deverá estrear apenas no Brasileiro.

A partida desta noite começa às 19h15 e, como todos os demais jogos da competição neste momento, será realizada com portões fechados. A torcida alvinegra pode mandar boas vibrações para a equipe de casa, onde poderá acompanhar a partida pela TV (SporTV e Premiere) ou pelas rádios esportivas de Campinas.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS