Elenco treina forte com foco no jogo contra o Novorizontino e atacante Bruno Rodrigues enfatiza: “Vamos enfrentar os dois jogos como finais e dar nosso máximo em cada lance, em cada dividida, para conquistarmos seis pontos”

Foto:PontePress/LuizGuilhermeMartins

Já com data para voltar a campo para disputar as duas rodadas finais da primeira etapa do Campeonato Paulista, o elenco pontepretano segue treinando firme neste final de semana, sempre em acordo com as regras das autoridades sanitárias para evitar a contaminação pelo coronavírus (Covid19). O foco é total para vencer o Novorizontino e o Mirassol, resultados que tiram a Macaca da última posição da tabela e ainda podem garantir a classificação para a etapa seguinte.

“Vamos enfrentar os dois jogos que restam como finais. Cada um precisa dar o máximo de si, vamos nos empenhar em cada lance, em cada dividida e conseguir aproveitar as oportunidades no ataque para conquistar os seis pontos e sair da situação que nos encontramos na tabela”, enfatiza o atacante Bruno Reis, que está na disputa por uma vaga no ataque como titular.

Ele conta que os atletas estão extremamente empenhados e anseiam pelo próximo confronto. “Creio que todos do clube estavam esperando ansiosamente o retorno dos jogos. Com a definição temos cerca de mais dez dias para continuar trabalhando firme e aperfeiçoar mais ainda a parte física, técnica e o entrosamento com o time.  O primeiro objetivo é tirar a Ponte Preta da situação que está no Campeonato Paulista. Esse é o foco de todos no clube”, reafirma.

Relevado pelo Athletico-PR, Bruno é o vice-líder em assistências da Macaca – dos 13 jogos oficiais disputados pela Ponte Preta em 2020, ele entrou em campo em 12 (oito deles como titular). Até o momento, o atacante marcou um gol e três assistências, ficando atrás neste questio apenas do meia João Paulo, com quatro. Ele conta que espera melhorar estas estatísticas nos próximos jogos e fala um pouco sobre a retomada das atividades.

“Está sendo muito bom voltar a ter uma rotina de ir para o clube e trabalhar com meus companheiros.  Não levei a paralisação como férias e deixei de ir para a minha cidade no Rio Grande do Norte para treinar bastante em casa e voltar às atividades bem fisicamente. Estamos muito empenhados para conseguir vencer os jogos restantes do Estadual e, depois de garantir a permanência da Ponte na elite do Paulistão, vamos focar no Brasileiro. Sabemos que temos uma temporada longa pela frente e vou me dedicar ainda mais para colocar a Ponte Preta na série A”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS