Nota de pesar: José Archimedes Pedroso Meloni, ex-Diretor Médico da Macaca de 2007 a 2014, vítima do Coronavírus

É com grande pesar que a Ponte Preta registra e lamenta o falecimento do médico ortopedista  José Archimedes Pedroso Meloni, ocorrido na data de ontem (9). Meloni foi Diretor Médico da Ponte Preta de 2007 a março de 2014,  estava com 65 anos e foi vítima do coronavírus (covid19). “É mais uma vida ceifada pela pandemia, uma perda grande, que nos entristece muito. Meloni era um ótimo profissional, pessoa querida por todos e esteve à frente do Departamento Méico alvinegro de maneira competente por mais de sete anos”, diz o presidente alvinegro Sebastião Arcanjo, o Tiãozinho.

“É com profundo pesar que, em nome da diretoria médica da Ponte Preta, nos despedimos de um profissional e de um colega ortopedista singular como o doutor Meloni.  Hoje ocupo o cargo que um dia foi dele e isso torna esse momento para mim ainda mais significativo. Ele foi o diretor que coordenou o começo da minha administração no departamento médico em 2007. Minha eterna gratidão e meus sentimentos a todos os familiares”, diz Roberto Nishimura, diretor médico pontepretano.

Nascido em 5 de abril de 1955 foi aluno do tradicional colégio Culto à Ciência e se formou médico pela  Unesp de Botucatu, construindo uma carreira memorável na área de Ortopedia em Campinas, sua cidade natal.  Apesar da idade o colocar na linha de risco, não parou de trabalhar por causa da pandemia.

"Ele amava a profissão, era muito dedicado em poder exercer a medicina, tinha alegria em ajudar as pessoas. Não estava na atuação de frente contra o coronavírus, estava na retaguarda, dava plantões em outros lugares, atendia em clínica particular, e em algum momento aconteceu dele contrair. Não aguentou, foi muito rápida a morte dele", lamenta a esposa Marta Marostegan Meloni. 

Segundo ela, o ex-diretor pontepretano teve os primeiros sintomas no dia 31 de maio e, em 1º de junho, precisou ser entubado. Os atendimentos foram realizados por um hospital da rede particular. O velório e sepultamento foram realizados hoje, no Cemitério da Saudade, de maneira reservada em virtude do coronavírus. Além de Marta, Meloni deixa as filhas Danielle, Michelle e Isabelle, todas médicas.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS