Paulistão 2020: Ponte espera aval da prefeitura para, seguindo decisão tomada entre times e FPF, retomar atividades em 15 de junho com testagem de atletas; Tiãozinho ressalta: “Temos reunião agendada e vamos aguardar a decisão das autoridades”

Em reunião realizada na tarde desta quarta (10) entre a Federação Paulista de Futebol e as equipes que disputam o Paulistão 2020, ficou definido o indicativo de retorno às atividades no dia 15 de junho, data prevista para que sejam realizadas as testagens de atletas, comissões e funcionários que trabalharão em acordo com protocolo da CBF e das próprias equipes. Cada time, porém, deverá se reunir com a prefeitura do próprio município para obter o aval do governo municipal, sem o qual nada poderá ser realizado.

 “Temos uma reunião conjunta, dos dois times de Campinas, agendada com o prefeito para às 17 horas desta quinta (11). Vamos apresentar os protocolos e aguardar a decisão. A Ponte agiu e continuará agindo pautada das autoridades, sem nenhum tipo de precipitação”, ressalta Sebastião Arcanjo, o Tiãozinho, presidente da Macaca.

Caso haja a aprovação da prefeitura de Campinas, os testes serão feitos a partir do dia 15 e, assim que saírem os resultados (dois a três dias depois), terá início a fase de treinamento físico, em grupo reduzido – conforme rezam os protocolos da CBF e da própria Ponte Preta.

Onze dias depois do início dos treinamentos físicos em grupos pequenos, deverão ser iniciados os treinos com bola, também em acordo com os protocolos. Todos os clubes presentes se comprometeram com esse calendário. Importante ressaltar que não há nenhum tipo de indicativo, no momento, para reinício da competição. Confira a nota oficial da FPF:

“A Federação Paulista de Futebol e os Clubes do Campeonato Paulista Série A1 – 2020 realizaram reunião via videoconferência, nesta quarta-feira, 10 de junho de 2020. Com o propósito de discutir as atitudes do Futebol Paulista diante da Pandemia de COVID-19, a FPF e os clubes anunciam os próximos passos para a volta gradativa dos treinos:

•    A FPF e os clubes, unidos, aguardam aval das autoridades de saúde para retomar, de forma gradual, as atividades físicas dos atletas no dia 15 de junho, como previsto no Protocolo de Retomada Gradual dos Treinos;

•    O Red Bull Bragantino, único clube que havia obtido autorização para atividades, paralisará os trabalhos e retornará em conjunto com as demais equipes;

•    Nesta quinta-feira pela manhã, haverá reunião com a Prefeitura de São Paulo, a fim de entregar pessoalmente o Protocolo de Retomada Gradual dos Treinos. A reunião será com o Prefeito Bruno Covas, o Secretário de Esportes Maurício Landim, o Secretário Municipal de Saúde Edson Aparecido, o Presidente da FPF Reinaldo Carneiro Bastos, o Presidente do Corinthians  Andrés Sanchez, o Presidente do Palmeiras Maurício Galiotte, o Presidente do São Paulo Carlos Augusto de Barros e Silva e o Presidente do TJD-SP Deputado Delegado Olim;

•    O mesmo processo que acontecerá amanhã na Capital Paulista ocorre com os demais 13 clubes, que estão em contato direto com suas Prefeituras para entrega formal do Protocolo de treinos;

•    Também nesta quinta-feira, haverá uma reunião do Sindibol (Sindicato das Associações de Futebol de São Paulo) com o Sindicato dos Atletas Profissionais de São Paulo, o Sindicato dos Treinadores Profissionais de Futebol do Estado de São Paulo, o Sindicato dos Árbitros de Futebol de São Paulo, o Ministério Público do Trabalho, Ministério Público do Estado de São Paulo, o Governo do Estado de São Paulo, a FPF e os 16 clubes. O intuito é criar uma mediação pré-judicial para que a retomada gradual aos trabalhos seja segura tanto nos aspectos de saúde como jurídicos.

Participantes da Videoconferência:

Reinaldo Carneiro Bastos – Presidente FPF;
Fernando Enes Solleiro – Vice-Presidente FPF;
Mauro Silva – Vice-Presidente FPF;
Luis Antonio Martinez Vidal – Vice-Presidente FPF;
Deputado Delegado Olim — Presidente do TJD-SP;
Gustavo Delbin – Vice-Presidente de Registro, Transferências e Licenciamentos FPF;
Mislaine Scarelli – Vice-Presidente de Gestão Corporativa FPF;
Emerson Piovesan – Vice-Presidente de Finanças FPF;
Moisés Cohen – Presidente do Comitê Médico FPF,
Fernando Mello – Vice-Presidente de Comunicação e Marketing FPF,
Bernardo Itri – Diretor de Comunicação FPF,
Cristina Abreu – Diretora de Competições FPF,
Ana Paula Oliveira – Presidente da Comissão Estatual de Arbitragem FPF,
Ednilson Corona – Membro da Comissão Estadual de Arbitragem FPF,
Aline Pellegrino – Diretora de Futebol Feminino FPF,
Renato Almeida – Diretor de Integração com Atletas,
Cel. Isidro Suita Martinez – Vice-Presidente de Relações Externas,
Maurício Fragata – Gerente de Marketing FPF,
Andréa Franco – Coordenadora de Arrecadação da FPF,
Caio Medauar – Ouvidor FPF,
Lúcio Blanco – Consultor de Eventos Esportivos FPF,  
André Sica – Membro Comissão de Assuntos Jurídicos,
Alexandre Pássaro Filho – Membro Comissão de Assuntos Jurídicos,
Cristiano Caús – Membro Comissão de Assuntos Jurídicos,
 Lucas D´Andrea Balistiero – Presidente da AA Internacional de Limeira,
Enrico Ambrogini – CEO da AA Internacional de Limeira,
Sebastião Moreira Arcanjo – Presidente da AA Ponte Preta,
Gerson Engrácia Garcia – Presidente do Botafogo Futebol S/A,
Paulo Siqueira Korek Farias – Presidente do EC Água Santa,
Sidney Gerson Riquetto – Presidente do EC Santo André,
Carlos Alberto Salmazo – Presidente da Ferroviária Futebol S/A,
Genilson da Rocha Santos – Presidente do Grêmio Novorizontino,
Ricardo Miguel Moisés – Presidente do Guarani FC,
Paulo Silvestri – Gestor do Ituano FC,
Edson Antônio Ermenegildo – Presidente do Mirassol FC,
Ernesto Francisco Garcia – Presidente do Oeste FC,
Thiago Roberto Scuro – Presidente do Red Bull Bragantino,
José Carlos Peres – Presidente do Santos FC,
Carlos Augusto de Barros e Silva – Presidente do São Paulo FC,
Maurício Precivalle Galiotte – Presidente do SE Palmeiras,
Andrés Navarro Sanchez – Presidente do SC Corinthians Pta,
Duilio Monteiro Alves – Diretor Futebol Profissional,
Rinaldo Martorelli – Presidente SAPESP,
Aurélio Sant’anna Martins – Presidente SAFESP;
Emílio Miranda – Presidente SITREFESP,
Washington Mascarenhas – Representante FENAPAF SP
Marcos Boccatto – Presidente do SINTREFUT ABC e LITORAL, Paulo Feuz – Diretor Jurídico do Sindibol.”

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS