Direto do RJ, onde faz a quarentena com a família, meia Camilo integra treinos à distância com o elenco nesta semana e afirma: “Quero ajudar os companheiros com a minha experiência para juntos sermos uma equipe forte”

 

O isolamento social é uma das maiores ferramentas no combate à pandemia do coronavírus e todos precisam ficar em casa o máximo que puderem. Com o meia Camilo, um dos mais novos integrantes do elenco pontepretano, não é diferente: o jogador está em quarentena com a família, no Rio de Janeiro. E é de casa que ele – assim como os também recém-contratados Ernandes  e Luizão – vão integrar os treinos da Macaca nesta semana, realizados em conjunto diariamente por meio de teleconferência .

Pessoalmente ou à distância, Camilo promete muito empenho com a camisa alvinegra. “Sou um cara muito dedicado ao trabalho e procura sempre fazer o máximo para desempenhar o melhor futebol. Minha expectativa é de fazer um grande ano com a Ponte quando retornarem as competições, ajudar meus companheiros com a minha experiência para juntos sermos uma equipe forte”, afirma.

O atleta conta porque optou em vestir a tradicional camisa pontepretana. “Sei que a torcida da Ponte é apaixonada, é um novo desafio, e podem contar comigo porque sempre vou procurar fazer o melhor para o clube. Tive ótimas informações sobre o time vindas de diversas pessoas, o (Executivo de Futebol) Gustavo Bueno e o presidente Sebastião Arcanjo me passaram toda confiança, assim como outros colegas que estão jogando no clube”, conta.

Sobre o período atual vivido pelo Brasil e diversos países do mundo, Camilo busca manter o otimismo. “Tenho me mantido ativo nesta pandemia, faço meus trabalhos em casa e, quando é preciso, fora com todos os cuidados exigidos e responsabilidade. Não é um momento fácil, mas estamos na torcida para que logo esteja tudo normalizado e possamos voltar a fazer tudo o que gostam. Agora estou no Rio com minha família e tendo todos os cuidados, mas logo, logo tudo vai passar”, acredita.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS