Ponte vence ação movida por auxiliar do técnico Gallo

O Departamento Jurídico da Ponte Preta conseguiu comprovar na Justiça que agiu de maneira correta com Valdir Benedito, auxiliar do técnico Gallo, que moveu ação trabalhista contra a Macaca. A ação foi julgada totalmente improcedente.

“O profissional pedia horas extras, descanso semanal remunerado e multa contratual pela rescisão antecipada do contrato por prazo determinado. No entanto, não obteve êxito em nenhuma das queixas”, conta o advogado João Felipe Artioli, que representou a Ponte Preta na causa.

 Em especialmente quanto à multa contratual, Artioli acrescenta que as partes avistaram cláusula assecuratoria de direito recíproco de rescisão, que afastava a incidência da multa e tornava a rescisão como se fosse por prazo indeterminado. “Além disso, Benedito recebeu todas as verbas rescisórias devidas”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS